Seguir o O MINHO

Região

Dezenas de doentes covid do hospital de Penafiel transferidos para Braga e Viana

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

Mais de 20 utentes do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa, em Penafiel, foram transferidos para unidades hospitalares do Minho.

No hospital de Braga, existem atualmente 42 utentes internados com o novo coronavírus, 18 deles transferidos do Hospital Padre Américo, em Penafiel.

Já no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, da responsabilidade da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), há 13 internados com o vírus (cinco em cuidados intensivos), até às 12:00 horas de segunda-feira, mas o hospital não avançou quantos são provenientes de Penafiel.

Em declarações a O MINHO, fonte da ULSAM disse que os hospitais do SNS estão a “trabalhar em rede”, permitindo que unidades com maior sobrecarga transfiram utentes para outras com maior capacidade de resposta no momento.

“É uma situação já prevista e perfeitamente normal”, assegurou a fonte.

Já o Hospital de Braga tem uma taxa de ocupação de 75% das camas atualmente disponíveis para doentes covid-19, anunciou hoje a administração daquela unidade à Lusa.

Numa resposta escrita, o Hospital de Braga revelou à Lusa que tem atualmente internados em enfermaria 42 doentes infetados com o novo coronavírus, 18 dos quais transferidos dos Centro Hospitalar Tâmega e Sousa.

Nos cuidados intensivos do Hospital de Braga há sete doentes com covid-19 e foi já ativado o nível 2 do Plano de Contingência.

“A atividade assistencial programada não foi, até ao momento, afetada”, refere ainda a administração.

As visitas estão suspensas desde o início da pandemia.

A administração do hospital de Braga sublinhou que o número de camas reservadas para doentes infetados pelo vírus SARS-CoV-2 “será reajustado sempre que a situação epidemiológica assim o justifique”.

“Caso seja necessário, em enfermaria, as camas reservadas para a covid podem ultrapassar a centena e meia e em UCIP (Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente) podem ultrapassar as 40”, acrescentou.

O número de casos ativos de infeção pelo novo coronavírus teve 12,6% de aumento percentual em Braga numa semana, segundo relatórios da Direção-Geral da Saúde.

O concelho de Braga, entre dia 19 de outubro e segunda-feira, registou 230 novos casos, passando de 1.819 para 2.049 infeções ativas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 43,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.371 pessoas dos 124.432 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Populares