Seguir o O MINHO

Alto Minho

Detido suspeito de atear dois incêndios em Ponte da Barca para apanhar javalis

Arderam 15 hectares

em

Foto: O MINHO

A Polícia Judiciária deteve um homem suspeito de ter ateado dois incêndios numa freguesia de Ponte da Barca, que consumiram cerca de 15 hectares de floresta e terreno inculto, anunciou hoje aquela polícia.


Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) de Braga refere que o suspeito, de 48 anos, foi detido na terça-feira, fora de flagrante delito.

Os dois incêndios, ocorridos no dia 03 de setembro, “se não tivessem sido rapidamente combatidos pelos bombeiros e populares, com o auxílio de meios aéreos, ter-se-iam propagado a uma área adjacente coberta por um vasto manto vegetal composto por espécies herbáceas, arbustivas e arbóreas”, criando “perigo real e concreto para as populações ali residentes, para o seu património e para o ambiente”, acrescenta.

No primeiro incêndio, salienta a PJ, arderam cerca de cinco hectares de floresta e terreno inculto, enquanto o segundo fogo consumiu cerca de 10 hectares.

Segundo a PJ, “os incêndios foram ateados voluntariamente com recurso a chama direta, após a colocação de armadilhas para javalis e com a intenção de que estes animais selvagens, aquando da fuga do local dos incêndios, ficassem presos nos laços colocados nas proximidades”.

A polícia refere ainda ter conseguido “a recolha de substanciais elementos de prova” que conduziram à detenção do suspeito.

O detido será agora presente à autoridade judiciária competente para realização de primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.

Anúncio

Viana do Castelo

Viana assinala centenário de Amadeu Costa com exposição e sessão solene

Etnógrafo

em

Foto: CM Viana do Castelo

A Câmara de Viana do Castelo vai assinalar, na sexta-feira, o centenário do nascimento do etnógrafo Amadeu Costa com a inauguração de uma exposição e uma sessão solene, informou hoje a autarquia.

Em comunicado, a autarquia explicou que “as comemorações incluem a inauguração da exposição “Amadeu Costa – Homenagem pelo centenário de nascimento”, no Museu do Traje, e uma sessão solene no teatro municipal Sá de Miranda.

Amadeu Alberto Lima da Costa nasceu a 23 de outubro de 1920 e faleceu em 30 de março de 1999, em Viana do Castelo, aos 78 anos.

Etnógrafo, investigador e dinamizador cultural, foi uma “figura incontornável da cultura tradicional de Viana do Castelo pelo estudo e divulgação que dela realizou ao longo de toda a sua vida”.

Continuar a ler

Alto Minho

Arcos de Valdevez cria centro de BTT e caminhadas em Soajo

Investimento de 45 mil euros

em

Foto: Ilustrativa / DR

A Câmara de Arcos de Valdevez vai criar um Centro de BTT & Caminhadas, em Soajo, num investimento de mais de 45 mil euros, “para melhorar a experiência turística e promover o espaço rural”, foi hoje divulgado.

Em comunicado enviado às redações, a autarquia acrescentou que a empreitada “Centro de BTT em Soajo – Alteração e Ampliação de Edifício”, inserida no projeto “Aldeias do Alto Minho – Walking & Cycling”, da CIM Alto Minho, foi consignada na última semana.

O novo centro, orçado em 45.420,10 euros, inserido no Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG), “terá uma instalação de apoio, para que os praticantes da modalidade possam usufruir de alguns equipamentos, como instalações sanitárias e balneários, equipamentos de lavagem de bicicletas, estação de reparação de bicicletas e zona de estacionamento”.

A operação “Aldeias do Alto Minho – Walking & Cycling”, é cofinanciada pelo Turismo de Portugal, com um investimento elegível de 80.000,00 euros e comparticipação de 72.000,00 euros.

Continuar a ler

Alto Minho

Arcos de Valdevez retoma plano municipal sénior de atividade física

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Arcos de Valdevez informou hoje estar a relançar o Plano Municipal Sénior, com a promoção de sessões de ginástica geriátrica dirigida a grupos organizados em diversos locais do concelho.

Em comunicado, aquela autarquia explicou que a atividade, “que se realiza semanalmente com o apoio de um professor de educação física, foi interrompida”, devido à pandemia de covid-19.

“Neste momento, depois de reunidas todas as condições de segurança, de acordo com as orientações de Direção Geral de Saúde, o município está em condições de reiniciar esta atividade, abrangendo um total de cerca de 100 idosos, distribuídos por 10 grupos”, especifica a nota.

Continuar a ler

Populares