Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Detido por tentar vender “ouro falso” a idosa de 83 anos em Ponte de Lima

em

Um homem, de 48 anos, foi detido esta quinta-feira por tentativa de burla a uma idosa, de 83, na freguesia de Arcozelo, em Ponte de Lima.

De acordo com a Guarda Nacional Republicana (GNR), em comunicado, o suspeito terá abordado a senhora, quando esta estava na sua residência, tentando vender-lhe pendentes dourados de bijuteria, de valor muito reduzido, como se fossem peças de ouro, solicitando à idosa elevadas quantias. O indivíduo terá ainda dito ser amigo do padre da freguesia.

“A vítima ao verificar que estava a ser alvo de uma tentativa de burla, chamou um vizinho em voz alta, mandando o suspeito embora, reação que obrigou o burlão a fugir do local. Através das caraterísticas do indivíduo e com base nos dados recolhidos, a GNR realizou uma operação policial no sentido de localizar o suspeito”, refere a nota da GNR.

“Chamou ao portão e entrou. Eu perguntei quem é que lhe tinha dado autorização e ele justificou logo que não vinha para roubar. Começou a dizer que era amigo do padre e que vinha por bem”, disse a octogenária ao jornal “Correio da Manhã”.

Detido por tentar vender “ouro falso” a idosa de 83 em Ponte de Lima. Foto: GNR

A viatura utilizada pelo burlão acabou por ser encontrada num parque de estacionamento de uma superfície comercial, o que permitiu detê-lo no interior das instalações comerciais e apreender os artigos usados na tentativa de burla, nomeadamente, 21 fios, 12 pendentes e dois brincos.

A ação, levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal de Arcos de Valdevez, contou com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Anúncio

Alto Minho

Vídeo de Ponte de Lima deserta é a história que ninguém nos contou: “#ficaemcasa”

O Município de Ponte de Lima lançou, no domingo, um vídeo motivacional a propósito do período de confinamento que é pedido aos cidadãos, numa altura em que está em vigor o estado de emergência no país, devido à pandemia do covid-19. Imagens: CMPL

em

O Município de Ponte de Lima lançou, no domingo, um vídeo motivacional a propósito do período de confinamento que é pedido aos cidadãos, numa altura em que está em vigor o estado de emergência no país, devido à pandemia do covid-19.

Continuar a ler

Alto Minho

Já abriu o centro de rastreio à covid-19 em Ponte de Lima

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

Entrou esta segunda-feira em funcionamento o Centro de Rastreio da covid-19, no Pavilhão de Feiras e Exposições da Expolima, em Ponte de Lima, com a capacidade para a realização de 60 testes/dia aproximadamente, assegurado pelo Laboratório Germano de Sousa, em parceria com a ULSAM e a Câmara Municipal de Ponte de Lima.

Em comunicado, a autarquia explica que os testes serão realizados apenas mediante a prescrição pelo médico de Medicina Geral e Familiar do Centro de Saúde.

“O laboratório é informado pelo médico do caso suspeito, sendo o doente agendado pelo laboratório que após receber SMS se dirige ao Centro de Rastreio”, explica a mesma nota.

Os resultados do exame serão depois enviados diretamente ao doente, ao médico e às autoridades de saúde pública.

“Este Centro de Rastreio vai funcionar tipo drive thru, ou seja, os utentes referenciados deslocam-se dentro do seu veículo ao ponto de recolha sem entrar em contacto com outras pessoas, reduzindo assim o risco de infeção em cada colheita”, indica a Câmara de Ponte de Lima.

Os testes serão realizados mediante marcação através dos contactos 93 0568014 ou [email protected]

O centro funciona às segundas, quartas e sextas das 9:00 às 13:00, e das 14:00 às 16:00, com exceção da sexta-feira santa e da segunda-feira de Páscoa.

Continuar a ler

Alto Minho

Covid-19: Ponte de Lima disponibiliza mais 75 camas, 285 no total

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

Ponte de Lima irá dispor de mais 75 novas camas para apoiar as unidades de saúde durante a fase exponencial da pandemia covid-19, ficando no total com 285, foi ontem anunciado.

A estas novas somam-se as 160 camas já disponíveis, de acordo com o Plano Operacional Municipal para o Coronavírus (POMCov) e das 50 da Pousada da Juventude

Para além das camas de retaguarda, a autarquia tem disponibilizado “um conjunto de alojamentos destinados a grupos de reforço ou grupos adaptados para as mais variadas situações”.

As novas 75 camas instaladas no Pavilhão Municipal de Arca e Ponte de Lima funcionarão como “estruturas de apoio de retaguarda para apoiar as unidades de saúde do concelho, e criar espaços adequados para receber utentes ou outros que necessitem de ficar em quarentena”.

Deste conjunto de 75 camas, 25 foram doadas pela Dream Argument, Lda, empresa de fabricação de mobiliário de madeira para outros fins, constituída em 2014 e a laborar na freguesia de S. Pedro de Arcos, informa a autarquia.

Continuar a ler

Populares