Seguir o O MINHO

Aqui Perto

Detida em Espanha mulher que deixou homem tetraplégico na Póvoa de Varzim

em

Sede no Porto da Diretoria do Norte da PJ. Foto: Joaquim Gomes / O MINHO

A mulher que há dois anos atingiu um homem a tiro, no pescoço, deixando tetraplégico, foi detida em Espanha, na sequência de uma investigação da Polícia Judiciária do Norte.

Na sequência de investigação levada a cabo pela Diretoria do Norte da Polícia Judiciária, e em cumprimento de mandado de detenção europeu emitido pela autoridade judiciária competente, foi detida, em Espanha, uma mulher pela presumível coautoria de crime de homicídio na forma tentada de um português, de 42 anos, cometido no dia 16 de fevereiro de 2016, na freguesia da Estela, Póvoa de Varzim.

No inquérito em causa, cuja investigação ainda prossegue, foi já possível, após inúmeras diligências realizadas, reunir prova material de que a detida, em conjugação de esforços com outro suspeito, terá surpreendido o ofendido no interior do armazém onde aquele trabalha, vindo o mesmo a ser atingido no pescoço com um disparo de arma de fogo que, dada a gravidade dos ferimentos, o deixou tetraplégico.

A detida, estrangeira, de 30 anos, foi já entregue sob custódia às autoridades nacionais, seguindo-se agora a sua apresentação para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por mais adequadas, por parte do Tribunal da Relação do Porto.

Populares