Seguir o O MINHO

Alto Minho

Destruídos mais de 400 ‘ninhos’ de vespa ‘asiática’ em Valença

Biodiversidade

em

Foto: Arquivo / DR

Valença já eliminou 415 ninhos de vespas asiáticas, desde o início do ano, através de uma equipa da Proteção Civil Municipal capacitada com equipamentos adequados para esta tarefa, de atenuar ou eliminar os efeitos nefastos do inseto invasor, divulgou hoje a autarquia.

A vespa velutina ou asiática foi introduzida em Portugal, oriunda do sudoeste asiático. Esta é uma vespa não indígena, muito agressiva para a biodiversidade, sobretudo para a apicultura, por se tratar de uma espécie carnívora e predadora das abelhas

A vespa asiática é, também, uma ameaça  à saúde pública, reagindo de forma agressiva quando tem os ninhos ameaçados.

“Esta ação do Município de Valença é fundamental para a manutenção dos ecossistemas endógenos do concelho em que a abelha desempenha um papel central. Preservar a manutenção das comunidades de abelhas não é só uma preocupação com a apicultura, mas, com toda a biodiversidade do nosso concelho”, considera a autarquia, em comunciado enviado a O MINHO.

Os ninhos de vespa velutina (asiática) em Valença devem ser comunicados à equipa de Proteção Civil Municipal através do telefone 912 572 241  ou 251 809 502.

Populares