Seguir o O MINHO

Ave

Despoluição dos rios Ave e Pelhe na mira do PAN em Famalicão

Eleições autárquicas

em

Foto: DR

A despoluição dos rios Ave e Pelhe é uma das prioridades da candidatura do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) à Câmara de Vila Nova de Famalicão, encabeçada por Sandra Pimenta, foi hoje anunciado.

Em nota enviada à Lusa, a candidatura aponta ainda como “fundamental” a criação de um regulamento para o arvoredo urbano e para o património florestal municipal, por forma a estabelecer as regras e normas relativas ao planeamento, gestão, conservação e manutenção de espécies autóctones e “inverter a tendência do abate indiscriminado de árvores”.

“Paralelamente, um dos nossos grandes objetivos é fazer de Famalicão um município livre de herbicidas, dotando as juntas de freguesia de meios técnicos, recursos humanos ou dotação financeira equivalente para a adoção de métodos alternativos”, acrescenta.

Sandra Pimenta, de 43 anos, desempenha funções de assessoria parlamentar e é membro do Conselho Consultivo do Mecanismo Nacional de Monitorização da Implementação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, sendo ainda ativista pelos direitos dos animais e voluntária em associações de cariz ambiental.

No que respeita à proteção animal, o PAN pretende criar um pelouro denominado Proteção, Saúde e Bem-Estar Animal e a figura do provedor municipal dos animais.

Considerando que falta no concelho um “sério investimento” na construção de habitação pública e em políticas de arrendamento acessível, a candidatura de Sandra Pimenta propõe-se, desde logo, criar uma verba no orçamento municipal alocada ao arrendamento jovem.

Paralelamente, preconiza um “forte reforço” do investimento na reabilitação e construção de habitação pública para arrendamento acessível, também como forma de resposta aos mais vulneráveis, como idosos ou vítimas de violência doméstica.

Nesta que é a primeira vez que concorre à Câmara de Famalicão, o PAN traçou como meta “ter representação” na Assembleia Municipal.

No entanto, sublinha, “a representação no executivo, através da eleição para a vereação, seria efetivar de uma forma mais vincada o nosso trabalho em prol de um concelho mais sustentável, ético e inclusivo”, remata.

A Câmara de Famalicão, no distrito de Braga, é atualmente composta por oito eleitos da coligação PSD/CDS-PP e três do PS.

O atual presidente, Paulo Cunha, que está a cumprir o segundo mandato, decidiu não se recandidatar, pelo que aquela coligação será, desta vez, encabeçada por Mário Passos.

Os outros candidatos já anunciados são Eduardo Oliveira (PS), Paulo Costa (Bloco de Esquerda), José Bilhoto (Iniciativa Liberal), Miguel Lopes (CDU) e Victor Sousa (Chega).

EM FOCO

Populares