Seguir o O MINHO

Futebol

“Foi sangue, suor, lágrimas e uma pontinha de sorte”

Carlos Carvalhal

em

Declarações dos treinadores após o jogo Benfica-SC Braga (2-3), a contar para a sétima jornada da I Liga portuguesa de futebol, realizado hoje no Estádio da Luz, em Lisboa:

Carlos Carvalhal (treinador do SC Braga): “Não se consegue uma vitória destas, no Estádio da Luz, sem sangue, suor, lágrimas e uma pontinha de sorte. Foi uma equipa muito coesa, um grande grupo, num jogo bem preparado, apesar do sétimo de três em três dias, e em que os jogadores foram exímios a cumprir o plano delineado.

Na primeira parte conseguimos a vantagem sem grandes oportunidades, e na segunda parte houve a reação do Benfica, que esperávamos, mas conseguimos fazer o 3-0. O Benfica depois empurrou-nos para trás, mas conseguimos defender de forma estoica e estivemos coesos e unidos. Foi uma vitória sofrida, mas ficamos com os três pontos, que era o mais importante.

O Braga vai lutar por ganhar o próximo jogo, não mais do que isso. As pessoas estão a olhar para o Braga e a inflamar em demasia. Temos os pés bem assentes no chão. No início, depois de duas derrotas, já todos desconfiavam de nós, mas nunca vacilámos. Hoje, depois desta vitória, não vamos andar de pés no ar. Estamos apenas focados no próximo jogo, com o Trofense. Os objetivos surgem ao longo de uma maratona, isto não é um sprint.”

Jorge Jesus (treinador do Benfica): “Tudo tem justificação e o Benfica hoje, na primeira parte, não fez um bom jogo. O Braga controlou os nossos movimentos ofensivos, tivemos pouca dinâmica e velocidade. O Braga esperou pela sua oportunidade de golo e não falhou. Na segunda parte melhoramos, fomos mais agressivos, mas defensivamente cometemos alguns erros que ditaram o 3-0. Fomos à procura de reduzir, chegamos ao 3-2, podíamos ter empatado, mas nada disso serve de desculpa para o que fizemos na primeira parte.

O Braga é uma boa equipa, experiente, que sabe jogar com os momentos do jogo, e temos de dar os parabéns aos jogadores do Braga por terem alcançado os seus objetivos.

Há muitas coisas que temos de modificar. Quando estamos em prejuízo é que mudamos de atitude, mas esta é uma derrota que nos custa muito, que nos tira confiança, numa altura em que o plantel se vai embora para as seleções e em que não poderemos falar dos momentos deste jogo.

Não ganhar há três jogos claro que gera preocupação. Esta equipa do Braga é interessante, mas isso não justifica a derrota, porque o Benfica tem de ser melhor. Houve incapacidade coletiva e individual.

O Benfica começou bem o campeonato, mas as mudanças na defesa têm tido influência nestes últimos resultados. Sofrer tantos golos vai-nos quebrando. Acreditamos sempre, hoje íamos novamente conseguindo uma recuperação, mas sofrer tantos golos quebra o ânimo aos jogadores no jogo e para o futuro. As derrotas não dão saúde e o treinador é o primeiro responsável destas derrotas.”

Anúncio

Futebol

Gil Vicente perde ao ‘cair do pano’

I Liga

Foto: DR

O Gil Vicente perdeu hoje em casa frente ao Marítimo por 0-1, em jogo a contar para a 14.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

Os gilistas sofreram o golo da derrota nos instantes finais quando, aos 87 minutos, Lucas marcou para os insulares.

(em atualização)

Continuar a ler

Futebol

“Queríamos regressar rapidamente às vitórias”

João Pedro Sousa

Imagem: FC Famalicão / Facebook

Declarações dos treinadores após a vitória do Famalicão diante do Santa Clara, por 2-1, em jogo da 14.ª jornada da I Liga de futebol, realizado nos Açores.

João Pedro Sousa – treinador do FC Famalicão: “O jogo foi muito equilibrado, com poucas oportunidades de golo. Foi um jogo importante para nós, queríamos regressar rapidamente às vitórias, vínhamos de um ciclo muito negativo e, portanto, este jogo era muito importante.

Foi um jogo difícil, o jogo não foi muito bem jogado, devido também às condições do campo, o que foi pena, porque são duas equipas que gostam de praticar bom futebol e gostam de fazer bons espetáculos.

De facto, o jogo foi muito equilibrado, com poucas oportunidades de golo, quer para uma equipa quer para outra. Não posso deixar também de realçar a competência dos nossos golos, um de penálti e outro de livre direto.

O Santa Clara obrigou ao erro, pressionou a nossa saída na fase de construção e acabou por fazer um golo. Contudo, fizemos dois, não posso deixar de achar que foi um resultado justo”..

Continuar a ler

Futebol

Famalicão vence nos Açores e sobe ao 11.º lugar da Liga

I Liga

Imagem: Sport TV

O Famalicão venceu hoje em casa do Santa Clara por 2-1, em jogo da 14.ª jornada da I Liga de futebol resultado que lhe permite subir ao 11.º lugar e fugir dos lugares de despromoção.

Os famalicenses, que se encontravas num dos lugares de descida no arranque da jornada e que não venciam há seis jogos para a Liga, adiantaram-se por intermédio de Jhonata Robert, aos 52 minutos, na conversão de uma grande penalidade, os açorianos responderam e igualaram através de um autogolo de Diogo Queirós, aos 70, mas os visitantes voltaram à vantagem aos 83, por intermédio de Lukovic.

Com este triunfo, o Famalicão saiu da zona de despromoção e saltou para o 11.º lugar, com 14 pontos, enquanto o Santa Clara ocupa o oitavo, com 15.

Continuar a ler

Populares