Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Depois da aventura no Espaço, Mário Ferreira mostra 4.º navio ‘made in’ Viana

Estará pronto a zarpar muito em breve

em

Foto: Mário Ferreira

O empresário Mário Ferreira, agora também conhecido por ter sido o primeiro português a viajar até ao Espaço, mostrou hoje, através das redes sociais, imagens do World Traveller, o quarto navio oceânico construído integralmente nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, que já encontra praticamente pronto para a navegação turística.

Os primeiros testes de mar foram efetuados em julho de 2021, com o navio a estar pronto para zarpar definitivamente e de forma oficial, muito em breve, adiantou o dono da Mystic Cruises, que promove as viagens de turismo destas embarcações de luxo, que se movimentam predominantemente nas zonas atlânticas do Norte e no mar Ártico.

Foto: Mário Ferreira

“Belo dia para visitar os estaleiros de Viana e o nosso quase terminado World Traveller, este será o nosso quarto paquete construído em Portugal, zarpará em breve. Os interiores do Artur e do Jack, como sempre, estão surpreendentes”, escreveu Mário Ferreira, mostrando o interior do navio.

Foto: Mário Ferreira

Foto: Mário Ferreira

Foto: Mário Ferreira

Foto: Mário Ferreira

Foto: Mário Ferreira

Foto: Mário Ferreira

Segundo a Martifer, responsável pelos estaleiros, os navios são da gama Explorer e de classe de cruzeiro, construídos com base no Código Polar (classe de gelo), sistema de Propulsão Híbrida e com a capacidade de acomodar 200 passageiros e 112 tripulantes, de acordo com “os mais elevados padrões de qualidade e conforto”.

Fonte: Nicko Cruises

Segundo o mesmo relatório da consultora VesselsValue, a frota mundial deste tipo de navios cresceu 65% em termos de capacidade para passageiros, atingindo os 700 mil. Em 2019, foram construídos 24 novos navios.

Ainda de acordo com o relatório, face à chegada da covid-19, a atividade destes navios teve um impacto negativo de cerca de 50%, com as empresas a adiar o regresso das operações.

Foto: Mário Ferreira

Foto: Mário Ferreira 

Refere ainda que algumas dessas operadores realizaram mais viagens durante o ano de 2020.

Apesar dos riscos, a consultora aposta que a tendência até 2025 será de crescimento no setor.

No ano de 2020, a Mystic Cruises pagou 110 milhões de euros à empresa que gere os estaleiros navais de Viana do Castelo.

EM FOCO

Populares