Redes Sociais

Braga

De Braga para a Guiné, “Meninos de Bissauzinho” levam uma sala de aula e quatro viaturas

Associação tem sede em Barroselas, Viana do Castelo.

 a

Foto: Facebook de Amigos de Bissauzinho (Arquivo)

A Associação minhota Meninos de Bissauzinho parte, esta quinta-feira, de Braga, rumo à Guiné-Bissau onde vai entregar material escolar, nomeadamente quadros, mesas e cadeiras para criar uma primeira sala de aula, na localidade, que é vizinha de Bissau, dela distando 20 quilómetros.

Liderada por Manuel Beninger, que preside, a caravana, com 12 membros, viaja, em quatro veículos todo-o-terreno, por Espanha, Marrocos, Mauritânia e Senegal.

Foto: Facebook de Meninos de Bissauzinho

Beninger revelou que será entregue material para uma sala de aula para 18 alunos e que os quatro veículos todo-o-terreno ficam na Guiné para apoio às atividades locais da Associação. Até ao momento, a associação já enviou seis contentores, com material escolar, livros, roupa, e brinquedos.

Em Portugal, a associação tem sede em Barroselas, Viana do Castelo, e conta com 80 voluntários, desde escuteiros a praticantes de clubes desportivos, que fazem provas de btt, Caminhada e Free Run, entre outras. Os fundos angariados deste modo e através de empresas, servem para custear o envio. Na Guiné, conseguiu a isenção de taxas alfandegárias, já que se trata de ajuda humanitária de uma ONG (Organização Não-Governamental). “O céu é o nosso limite”, acentua Manuel Beninger.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Braga

Jovens socialistas preocupados com (in)segurança junto à UMinho em Braga

No domingo, o jornal “Diário do Minho”, dava conta que “duas rixas terminaram em esfaqueamento na zona da UMinho e num bar”.

Publicado

 a

Foto: Imagem enviada pela JS/Braga a O MINHO

A Juventude Socialista de Braga veio hoje manifestar “o seu desagrado com o estado de insegurança com que a comunidade juvenil e os estudantes da Universidade do Minho se deparam na zona envolvente do campus de Gualtar”, “face ao número de ocorrências de violência que têm sido denunciadas” pelos mesmos, “ou pelos mais jovens que encontram nesta zona um local de convívio com os seus pares, que culminou na rixa da última semana, com os contornos que se conhecem”.

No domingo, o jornal “Diário do Minho”, dava conta que “duas rixas terminaram em esfaqueamento na zona da UMinho e num bar”, que “fizeram ainda mais sete feridos, quatro dos quais também esfaqueados”.

Na sequência desses incidentes, a Juventude Socialista vem esta segunda-feira apelar “para que possam ser repensadas medidas estruturais e preventivas de segurança para o espaço público”, “seja através do reforço do policiamento, seja através da melhoria das condições de iluminação do espaço público ou da videovigilância”, segundo sugerem.

“Tendo a plena convicção de que o fator da segurança é um dos ex-libris da cidade de Braga, que uniu ao longo de décadas todas as forças políticas e cívicas da cidade, a Juventude Socialista pede ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Braga, Dr. Ricardo Rio, que possam ser analisadas soluções de segurança, preventivas e efetivas, para que os episódios do passado recente possam ser banidos do quotidiano daquele espaço público”, lê-se numa nota enviada pelos jovens socialistas a O MINHO.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Braga

Braga: Sexagenário ameaçou e agrediu homem com martelo e foi detido após injúrias à PSP

Foto: Direitos Reservados

Publicado

 a

A PSP deteve em Braga um homem de 61 anos por injúrias a agente da autoridade e posse de arma branca, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a PSP refere que o detido terá ameaçado e agredido outro homem, numa “desordem” numa rua da cidade.

Posteriormente, injuriou um elemento da PSP, pelo que foi detido.

A PSP apreendeu-lhe martelo.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Braga

Atropelamento em passadeira em Braga

Publicado

 a

Foto: José Ferreira / Facebook

Uma viatura provocou ferimentos ligeiros a um peão que atravessava a passadeira, esta segunda-feira de manhã, na rua dos Barbosas, em Braga.

A imagem do incidente foi partilhada nas redes sociais.

A PSP tomou conta da ocorrência.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Populares