Seguir o O MINHO

Região

Curso de Direito na UMinho considerado o melhor em Portugal

Ranking de Shanghai

em

Foto: DR

O ranking de Shanghai colocou o curso de Direito da Universidade do Minho (UMinho) como o melhor de Portugal, ficando à frente da Universidade de Coimbra.


De acordo com a edição deste ano do ShanghaiRanking’s Global Ranking of Academic Subjects, em termos das melhores universidades de Direito no mundo, a UMinho figura no top150, enquanto a UCoimbra está entre as 200 a 300 melhores do globo.

Para além de Direito, a academia minhota conta ainda com os cursos de Educação, Psicologia e Nanociência e Nanotecnologia entre os melhores 400 cursos no mundo.

A instituição de Ensino Superior minhota está no top 75 na área de Ciência e Tecnologia Alimentar, no top 100 em Engenharia Civil e lidera a nível nacional em Direito (top 150), Educação, Psicologia e Nanociência & Nanotecnologia (todas no top 400).

Em nota enviada às redações, a UMinho adianta que foi reconhecida também em doze domínios do ensino e investigação que marcaram presença nos respetivos rankings.

Na área das Engenharias foram destacadas a Engenharia Biomédica (top 150), a Biotecnologia (top 300), a Engenharia Mecânica (top 400), a Engenharia Eletrónica (top 400), a Ciência e Engenharia de Materiais (top 400), a Engenharia Química (top 500) e a Engenharia e Ciências da Computação (top 500).

Universidade do Minho entre as melhores do mundo em 18 áreas científicas

Foram ainda reconhecidas a Economia e a Ciência Política (ambas no top 400) na área das Ciências Sociais, as Ciências Farmacêuticas (top 500) na área das Ciências Médicas, bem como a Física (top 500) na área das Ciências Naturais e as Ciências Agrárias (top 500) na área das Ciências da Vida.

Criado em 2009, o Shanghai Ranking’s Global Ranking of Academic Subjects avaliou, nesta edição, mais de 4.000 universidades de todo o mundo em 54 áreas específicas de ensino e investigação.

Foram considerados indicadores como os artigos científicos publicados, o seu impacto na respetiva área ou o nível de colaboração internacional.

Anúncio

Braga

Hospital Lusíadas Braga mudou de cor em homenagem aos doentes e profissionais de saúde

Saúde

em

Foto: Divulgação / Lusíadas

A Lusíadas Saúde iluminou o futuro Hospital Lusíadas Braga e alterou o layout das suas redes sociais e site para cor de laranja, de forma a assinalar o Dia Mundial da Segurança do Doente, comemorado na quinta-feira em todo o mundo sob a chancela da Organização Mundial da Saúde (OMS), anunciou aquele grupo de saúde.

Num nota publicada no seu site, a administração refere que os profissionais de saúde da Lusíadas receberam máscaras alusivas à data, com a mensagem ‘Profissionais Seguros, Doentes Seguros’.

Isabel Pereira Lopes, Chief Quality Officer da Lusíadas Saúde, afirma que “num ano tão duro e desafiante para os profissionais de saúde, a celebração do Dia Mundial da Segurança dos Doente dedicado à segurança dos profissionais de saúde é o reconhecimento do trabalho e dedicação de todos nós”.

“No Grupo Lusíadas Saúde, temos sido pioneiros na adoção de estratégias que contribuem para a garantir a qualidade e segurança de todos os nossos profissionais de saúde, de forma a também conseguirmos honrar o compromisso de excelência que assumimos perante os nossos doentes. Mobilizamos permanentemente todos os nossos colaboradores a divulgarem uma mensagem que é global, aplaudindo a prioridade assumida pela Organização Mundial da Saúde nesta área”, acrescenta.

Comemorado pela primeira vez em 2019, a Organização Mundial de Saúde estabeleceu como objetivos para a celebração do Dia Mundial da Segurança do Doente o aumento da consciencialização e o envolvimento do público, a melhoria da compreensão global e o estímulo da solidariedade e ação globais para a promoção da segurança do doente.​

Continuar a ler

Braga

Covid-19: Amares com 20 casos ativos e Terras de Bouro com 13

Dados locais

em

Foto: DR

O concelho de Amares registava 20 casos ativos da infeção por covid-19 até às 18:00 horas de quarta-feira, mais onze do que no último balanço feito por O MINHO, a 20 de agosto.

Já o concelho de Terras de Bouro, que comporta as freguesias de Rio Caldo, Vilar da Veiga e a vila do Gerês, regista atualmente 13 casos ativos com o novo coronavírus.

Amares regista um acumulado de 106 casos desde o início da pandemia enquanto que Terras de Bouro regista 31, segundo o relatório divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) na passada segunda-feira.

Portugal regista hoje mais 10 mortos e 770 novos casos de infeção por covid-19, em relação a quarta-feira, segundo o boletim epidemiológico diário da DGS.

É o maior número de mortes diário desde 9 de julho.

De acordo com o boletim, desde o início da pandemia até hoje registam-se 66.396 casos de infeção confirmados e 1.888 mortes.

Há ainda 44.794 recuperados, mais 266 do que ontem.

Continuar a ler

Braga

Covid-19: Concelho de Braga com 211 casos ativos e 433 em isolamento

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O concelho de Braga registou oito novas infeções pelo novo coronavírus desde a passada terça-feira.

Estes dados, apurados por O MINHO junto de fonte local da saúde, foram atualizados às 18:00 desta quinta-feira.

Durante o mesmo período, não houveram casos de recuperações do SARS CoV-2, totalizando o concelho 1.393 casos recuperados desde o início da pandemia.

Em termos acumulados, são já 1.678 casos de pessoas infetadas com a doença.

Lamentam-se ainda 74 óbitos, número que permanece igual desde o passado dia 16 de junho.

Existem, atualmente, 211 casos ativos de covid-19 em todo o concelho de Braga.

Há ainda 433 pessoas em isolamento sob vigilância da autoridade de saúde, mais 79 do que há dois dias.

Continuar a ler

Populares