Covid-19: Hospital de Viana pede que se continue a dar sangue face à “diminuição” registada

ULSAM
Foto: DR / Arquivo

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) apelou hoje à continuidade das dádivas de sangue face à “diminuição” registada devido à pandemia de Covid-19.

Em comunicado hoje enviado, a administração da ULSAM realça que “os serviços de sangue continuam a necessitar de dádivas para garantir a prestação de cuidados de saúde a todos os doentes”.

“Durante esta fase de pandemia e para proteger os dadores e doentes, o serviço de sangue do hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, adotou as medidas necessárias para o atendimento e triagem, a fim de garantir segurança nas dádivas de sangue”, garante a ULSAM.

Aquela estrutura realça que “as transfusões de sangue são sempre necessárias e essenciais para a atividade médica e cirúrgica, agora mais do que nunca”, lembrando que as brigadas de sangue vão realizar recolhas entre sexta-feira e 30 de abril em Paredes de Coura, Arcos de Valdevez, Monção, Melgaço e Ponte da Barca.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Braga suspende acesso ao ‘wifi’ público para evitar concentração de pessoas

Próximo Artigo

Desinfeção das ruas sem efeito na contenção do contágio, diz DGS: "Não é uma medida que se recomende"

Artigos Relacionados
x