Seguir o O MINHO

Alto Minho

Costa riscou ‘segurista’ da lista e socialistas do Alto Minho exigem explicações

em

António Costa ‘trocou’ a segurista Dora Brandão pela costista Sandra Pontedeira, ‘à revelia’ da Federação Distrital do PS. Notícia do jornal Alto Minho. Edição de 5 de Agosto já nas bancas.

A Comissão Política Distrital do Partido Socialista enviou uma carta ao secretário geral do partido, António Costa, a exigir uma “justificação fundamentada” para a substituição de Dora Brandão por Sandra Pontedeira. Alguns militantes já ameaçaram com a demissão se essa justificação não for convincente.

Depois do líder nacional do PS ter escolhido Tiago Brandão Rodrigues, natural de Paredes de Coura, para liderar a lista candidata às eleições legislativas de Outubro e da distrital do partido ter aprovado os restantes nomes, nada fazia prever que António Costa substituísse directamente Dora Brandão por Sandra Pontedeira.

A avocação caiu mal aos socialistas alto-minhotos que reuniram em Comissão Política Distrital para discutir a polémica entretanto gerada. A maioria dos membros presentes na reunião quer que António Costa explique esta alteração com uma justificação fundamentada, ameaçando com a demissão se tal não vier a acontecer.

Capa do jornal Alto Minho

Primeira página da edição de 5 de Agosto do jornal AltoMinho.

O presidente da Federação Distrital de Viana do Castelo do Partido Socialista admite que alguns militantes estão “magoados” com a alteração, mas não teme que os socialistas esmoreçam no apoio ao partido e campanha eleitoral.

“Houve um ou outro que ameaçou, mas formalmente não houve nenhuma demissão. A maioria dos membros presentes na reunião está com o PS e prometeu trabalhar ara que possa haver uma mudança. Contudo, exigem esta explicação do secretário geral”, confirmou José Manuel Carpinteira.

Recorde-se que na disputa pela liderança do partido nas eleições primárias, Dora Brandão apoiou António José Seguro e Sandra Pontedeira António Costa.

Populares