Seguir o O MINHO

Arcos de Valdevez

Costa inaugura remodelação de escola em Arcos de Valdevez e presta “grande tributo” aos professores

Escola Básica 2,3/S de Arcos de Valdevez

em

Foto: Divulgação/Governo

O primeiro-ministro, António Costa, prestou hoje um “grande tributo” ao trabalho que os professores “têm desenvolvido e que, mais uma vez, este ano desenvolveram”.

Arcos de Valdevez pede deslocalização do ensino superior para dinamizar interior

“Uma escola são aqueles que estão na escola, que vivem, trabalham e estudam na escola. No início de final do ano letivo presto grande tributo pelo trabalho que têm desenvolvido e que, mais uma vez, este ano desenvolveram”, referiu.

O chefe do executivo, que discursava na cerimónia de inauguração das obras de remodelação da Escola Básica 2,3/S de Arcos de Valdevez, com cerca de 30 anos e 1.200 alunos, disse também que “uma escola é muito mais do que um edifício”.

“Quem melhor ensina as crianças é também quem melhor sabe definir o que as crianças precisam e como podem aprender. São os professores e as professoras. A todos e a todas, no final deste ano letivo, muitos parabéns pelo que fizeram, bom trabalho para o futuro”, disse.

António Costa destacou as três reformas “centrais” para o futuro da escola, introduzidas nos últimos três anos e meio, como a descentralização da educação para os municípios, a autonomia das escolas e a flexibilização curricular.

“São a chave, assentam e dependem da confiança total que temos de ter na comunidade educativa para ser capaz, porque é capaz de fazer mais e melhor”, disse.

O primeiro-ministro referiu ainda que “não é possível investir em educação, sem investir também em instalações”.

A este propósito, António Costa apontou as obras de requalificação das escolas de Amarante e Arcos de Valdevez que hoje inaugurou como dois exemplos “do esforço que o país voltou a fazer nas instalações escolares depois de um enorme desinvestimento motivado pela crise e pela forma como foi desenhado o Portugal 2020, que reduziu em 84% as verbas disponíveis para a requalificação das escolas”.

“Foi possível, em parceria com as autarquias, no esforço da reprogramação do Portugal 2020, poupando como a ‘carochinha’ para poder mobilizar verbas do Orçamento do Estado para investir nas escolas. Temos, neste momento, cerca de 700 escolas onde as obras foram concluídas, estão a ser concluídas ou estão em curso. A última que faltava arrancar, arrancou ontem [terça-feira] que foi a da António Arroio [em Lisboa]”, referiu.

A recuperação da Escola Básica 2,3/S de Arcos de Valdevez representou um investimento superior a 4,1 milhões de euros, que implicou um investimento municipal de 1,2 milhões de euros e financiamento comunitário de cerca de 2,7 milhões.

Na cerimónia de inauguração da requalificação da escola básica esteve também presente o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Anúncio

Arcos de Valdevez

Rojões e papas de sarrabulho regressam às mesas dos restaurantes em Arcos de Valdevez

Arcos à Mesa

em

Foto: DR/Arquivo

O concelho de Arcos de Valdevez vai ser palco, no fim de semana, da iniciativa Arcos à Mesa que leva envolve restaurantes do concelho na promoção dos rojões e das papas de sarrabulho.

Trata-se de um dos principais pratos da gastronomia daquele concelho, “muito procurado e apreciado nesta época do ano e intimamente ligado à matança do porco”.

A iniciativa inclui a doçaria tradicional, com destaque para Charutos dos Arcos, recentemente eleitos uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal, e o vinho verde produzidos na região.

O programa de animação engloba uma “Feira de Artesanato e Mercado de Sabores”, uma visita guiada a quintas de vinho verde do concelho, bem como provas de vinhos, animação musical com a atuação de rusgas, da Orquestra Microsom, no Campo do Trasladário, teatro e visitas à Porta do Mezio.

Continuar a ler

Arcos de Valdevez

Arcos de Valdevez: Primeira corrida assombrada marcada para dia 31

Até ao Paço de Giela.

em

Foto: DR/Arquivo

Arcos de Valdevez vai ser palco no dia 31 da primeira edição da “Corrida Assombrada”, promovida pela Academia Desportiva de Arcos de Valdevez em parceria com a Câmara local.

Em comunicado, hoje enviado à imprensa, aquela autarquia adiantou que a corrida, gratuita mas sujeita a inscrição prévia, começa às 21:00, com saída do Jardim dos Centenários (junto à Casa das Artes/Biblioteca Municipal).

Os participantes irão realizar um percurso de cerca de seis quilómetros pelas ruas de Arcos de Valdevez até ao Paço de Giela.

“A andar ou a correr, os participantes terão à sua espera muito divertimento e boa disposição, algumas zonas de espetáculo, para comemorar o Halloween”, adianta o município que apela aos participantes para trajar a rigor.

Continuar a ler

Arcos de Valdevez

Condutor sai praticamente ileso após queda de 150 metros em Arcos de Valdevez

Jovem de 19 anos

em

Foto: Filipe Guimarães

Um homem saiu com ferimentos apenas ligeiros após uma queda numa ravina de 150 metros, este sábado, em Sistelo, concelho de Arcos de Valdevez.

O acidente ocorreu na estrada de acesso aos lugares de Porto Cova e Padrão.

Foto: Filipe Guimarães

Foto: Filipe Guimarães

Foto: Filipe Guimarães

A vítima, um jovem de 19 anos natural de Aboím das Choças, Arcos de Valdevez, foi resgatado e trabsportado para o Centro Hospitalar do Alto Minho em Viana do Castelo, segundo o Jornal de Notícias.

Estiveram no local nove operacionais com três viaturas dos Bombeiros locais, a equipa SIV do INEM sediada em Arcos de Valdevez. A GNR tomou conta da ocorrência.

Continuar a ler

Populares