Seguir o O MINHO

Fafe

Corpo de homem desaparecido em Fafe encontrado junto a barragem

em

Foto: Divulgação

As buscas por um homem que estava desaparecido desde a noite de segunda-feira encerraram-se esta terça-feira. O corpo do homem de 62 anos foi encontrado na barragem de Queimadela, em Fafe.


Diferentes meios estiveram no local. Os Bombeiros de Fafe foram acionados por volta das 14:30 pela Guarda Nacional Republicana (GNR) para a transportação do corpo para a morgue do Hospital de Guimarães.

A causa da morte do homem ainda não foi apurada. A Polícia Judiciária (PJ) também esteve no local.

Anúncio

Ave

Bombeiros que assistiram parto na ambulância em Fafe convidados para padrinhos

Parto

em

Foto: BV Fafe

Os bombeiros Marilisa e Pedro, da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fafe, foram convidados para padrinhos de batismo da pequena Maria Emanuela, bebé que ajudaram a nascer dentro de uma ambulância daquela corporação.

O anúncio foi feito esta sexta-feira através das redes sociais, dando conta do convite dirigido pelos pais da pequena bebé aos bombeiros Pedro Cunha e Marilisa Soares, depois destes terem feito, em exclusivo, o parto da bebé a caminho do hospital.

A pequena Maria não quis esperar e nasceu nas mãos dos bombeiros em Fafe

Conta aquela corporação que o pai da Maria Emanuela, emigrado em França, regressou para ver o “seu novo rebento” e, em conjunto com a esposa, decidiram convidar os bombeiros “parteiros” para visitarem e bebé.

“Durante essa visita, os pais da Maria Emanuela convidaram o Pedro e a Marilisa para serem padrinhos da sua filha, convite esse aceite prontamente e que deixou o Pedro e a Marilisa muito felizes”, escreve a corporação.

“Esta é mais uma história na vida destes dois bombeiros, com um duplo final feliz”, acrescenta.

No passado dia 26 de agosto, Maria Emanuela não quis esperar e nasceu em casa, a 30 quilómetros do hospital onde seria suposto ter visto a luz do dia pela primeira vez.

A mãe da Maria começou a entrar em trabalho de parto dentro de casa. Pedro e Marilisa, bombeiros da corporação de Fafe, acorreram imediatamente ao local para transportar a mãe para o Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Mas a Maria não quis esperar e acabou por nascer nos braços dos bombeiros, situação que já não acontecia “há alguns anos”, segundo revela aquela corporação.

“Assim, depois de ter vindo ao mundo, a Maria Emanuela e a mãe depois de devidamente estabilizadas, foram transportadas para o Hospital de Guimarães”, refere a mesma corporação.

Continuar a ler

Ave

Fafe aprova taxa mínima de IMI e deduções para famílias com dependentes

Impostos

em

Foto: CM Fafe

A Câmara de Fafe anunciou hoje que foi aprovada a taxa mínima de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para os prédios urbanos e deduções até 70 euros para as famílias com dependentes.

Segundo a autarquia, as famílias com um dependente deduzem 20 euros, com dois dependentes 40 euros e com três ou mais 70 euros.

“A aplicação da taxa mínima de IMI, associada à dedução fixa para os agregados familiares com dependentes, representa uma devolução às famílias residentes no concelho de Fafe que ultrapassa os 2,8 milhões euros”, lê-se num comunicado enviado à Lusa.

A autarquia assinala, também, que foi aprovada a fixação da Derrama em 1,2 % e a isenção para as empresas com volume de negócios até 150 mil euros.

Esta decisão mantém, refere o município “uma política fiscal municipal responsável e com o objetivo de apoiar as empresas”.

Citado no comunicado, o presidente da Câmara de Fafe, Raul Cunha, salienta que “a fixação dos impostos municipais com taxas reduzidas vai de encontro à principal preocupação deste Executivo “, no sentido de “dar mais e melhores condições de vida aos fafenses”.

Segundo o edil, pretende-se “aliviar a carga fiscal às famílias e às empresas, numa lógica responsável, tendo em conta o princípio da estabilidade fiscal e a posição de município familiarmente responsável”.

“Estas medidas só são possíveis porque a autarquia mantém uma boa gestão e as contas equilibradas”, acentuou ainda Raul Cunha.

Continuar a ler

Ave

GNR resgata abutre em Fafe

Entregue a centro de recuperação

em

Foto: GNR

Um abutre negro foi recuperado junto a uma habitação por militares do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Fafe, na localidade de Queimadela.

Foto: GNR

A GNR explica que, por se encontrar fora do seu habitat natural, a ave foi entregue ao Centro de Recuperação de Fauna Selvagem do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, para avaliação.

Continuar a ler

Populares