Continental, em Famalicão, passa a efetivos 170 trabalhadores em tempos de pandemia

Economia
Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A multinacional Continental Mabor, com sede em Famalicão, vai passar a efetivos 170 trabalhadores que foram contratados a prazo, anunciou a empresa.

Em declarações ao Jornal de Negócios, o presidente da empresa, Pedro Carreira, refere que “a renovação dos contratos dos trabalhadores que temos a prazo e, se a situação da economia o permitir, admitir mais alguns novos colaboradores para substituir outros que, entretanto, terminaram ou vão terminar o vínculo com a empresa por motivos de reforma”.

Garantiu ainda que a empresa não vai despedir nenhum dos 2.300 trabalhadores, mesmo em tempos de pandemia.

Sobre os outros trabalhadores a prazo que ainda não entram para os quadros, “vão continuar os seus contratos, mas com a perspetiva de todos virem a ser integrados nos quadros de pessoal efetivo da empresa”, conforme a data de início do contrato.

Já no que diz respeito a aumentos salariais e bónus financeiros, o responsável adianta que, em tempo oportuno, voltarão a acontecer.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Um terço dos mortos com covid-19 vivia em lares

Próximo Artigo

Restaurantes de Braga transformam-se em associação. E pedem reunião a Ricardo Rio

Artigos Relacionados
x