Seguir o O MINHO

Barcelos

Construtora de Barcelos, gestores e técnicos absolvidos do crime de tráfico de pessoas

Justiça

em

Foto: Ilustrativa / DR

O Tribunal Judicial de Braga vem de absolver uma empresa de construção civil de Barcelos que foi julgada em Braga por 11 crimes de tráfico de pessoas, associação criminosa e furto.


O coletivo de juízes não deu como provada nenhuma das alegações de três antigos trabalhadores, contratados para uma obra na Costa do Marfim, que diziam ter trabalhado sem receber a totalidade do salário, sem apoio médico em caso de doença e com comida insuficiente.

O Tribunal também não aceitou a tese de que a empresa não os deixava regressar a Portugal, mesmo quando estavam doentes. Um dos queixosos disse a O MINHO que vai recorrer do acórdão para a Relação de Guimarães, por entender que o Tribunal não valorou os factos relatados em julgamento.

A Cofrepower – Construção Civil, – que, entretanto, pediu a insolvência – o proprietário, Paulo Fernandes, o encarregado, José Carlos Ferreira, o engenheiro civil, Hugo Fernandes, e outras duas arguidas, funcionárias, negaram os crimes, atribuindo as dificuldades à realidade do país africano. Ao longo do julgamento, manifestaram-se inocentes, no que o Tribunal acreditou.

A firma contratou, em 2015, vários grupos de trabalhadores, mais de 30 no total, dos quais cerca de 20 eram testemunhas de acusação.

Na última sessão do julgamento, um dos queixosos relatou que ficou doente com paludismo e que, a conselho de um médico africano, teve de viajar sozinho para Portugal, apesar de muito debilitado. Esteve internado numa clínica no local, tendo sido ele que pagou as despesas médicas. A viagem, com escala em Marrocos, durou 24 horas, período em que quase não comeu. “Vinha quase a morrer”, lamentou.

Em Marrocos temeu que o internassem compulsivamente devido à doença de que era portador e dado que as autoridades de saúde locais, podiam suspeitar que era ébola. Depois, no aeroporto de Lisboa, ninguém, da empresa, estava – ao contrário do prometido – à sua espera. Telefonou para o encarregado e ninguém respondeu. Sem dinheiro, muito fraco e desesperado, teve a sorte de encontrar uma pessoa caridosa que o levou à camionete para o Norte e lhe emprestou 30 euros para comer qualquer coisa. à chegada ao Porto foi logo internado no hospital.

Versão que não convenceu os três juízes e que foi negada pelos patrões.

Anúncio

Barcelos

Mulher em estado grave após colisão frontal em Barcelos

EN 205

em

Foto: DR

Uma mulher de 40 anos sofreu ferimentos graves na sequência de uma colisão entre duas viaturas ligeiras, esta noite de sexta-feira, na EN 205, em Barcelos.

Ao que apurou O MINHO, as duas viaturas colidiram frontalmente, por razões ainda desconhecidas, em frente ao restaurante Taberna O Manhoso, em Tamel São Veríssimo.

Para além da vítima grave, outros dois homens, de 40 e 45 anos, sofreram ferimentos ligeiros.

As três vítimas foram transportadas ao Hospital de Braga pelos Bombeiros de Barcelos, que estiveram no local com três ambulâncias, viatura de desencarceramento e uma viatura tática com dois elementos do comando.

A vítima grave foi acompanhada para o hospital pela equipa médica da VMER de Barcelos.

O Destacamento de Trânsito da GNR registou a ocorrência.

O alerta foi dado às 23:02.

Pelas 00:10 horas, o trânsito encontra-se condicionado para limpeza da via.

Continuar a ler

Barcelos

Intermarché de Barcelos abre na próxima quinta-feira com posto de combustíveis

Junto ao Estádio Cidade de Barcelos

em

Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

A inauguração do Intermarché de Barcelos vai realizar-se na próxima quinta-feira, 24 de setembro, anunciou hoje a empresa.

O hipermercado, localizado na Rua do Faial, freguesia de Vila Boa, junto ao Estádio Cidade de Barcelos, conta também com um posto de combustíveis.

Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO

O Intermarché é a primeira insígnia do Grupo Os Mosqueteiros a atuar há mais de 40 anos por toda a Europa.

Em Portugal há mais de 20 anos, conta com mais de 240 pontos de venda, espalhados por mais de 180 concelhos, nos 18 distritos do país.

O grupo é dirigido diretamente por empresários independentes, que são donos e responsáveis, na íntegra, pela gestão de cada loja, e que beneficiam de um conjunto de estruturas comuns de vendas, logística, direção comercial, desenvolvimento e qualidade.

No caso de Barcelos, a gerência é a mesma dos hipermercados de Ponte de Lima e Prado (Vila Verde).

“Depois de Ponte de lima (15 anos) de Vila de Prado (4 anos) chegamos a Barcelos. A mesma qualidade, o mesmo serviço de excelência, o foco em si, o foco desta feita nos barcelenses, são para nós bandeiras inegociáveis”, lê-se no anúncio de abertura do Intermarché de Barcelos nas redes sociais.

Continuar a ler

Barcelos

Homem sofre queimaduras graves com soda cáustica em Barcelos

Transportado para o Hospital de S. João no Porto

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem na casa dos 50 anos sofreu queimaduras graves quando manuseava soda cáustica, na tarde desta sexta-feira, na freguesia de Aguiar, concelho de Barcelos.

Ao que O MINHO apurou, a vítima estava a diluir soda cáustica com água e o líquido saltou-lhe para a cara e olhos.

O acidente deu-se na residência do homem, que foi transportado para o Hospital de S. João, no Porto, com ferimentos considerados graves.

O alerta foi dado às 15:03.

Os Bombeiros de Barcelos prestaram socorro com dois operacionais e uma viatura e tiveram o apoio da VMER de Barcelos.

Continuar a ler

Populares