Consternação nas escolas de Vila do Conde pela morte de aluno que caiu ao mar

O jovem de 16 anos que ontem perdeu a vida quando o carro onde se encontrava com outro ocupante caiu ao mar da Póvoa de Varzim foi identificado como João Pedro Ferreira Azevedo, de Touguinhó, Vila do Conde.

O anúncio foi feito pela direção do Agrupamento de Escolas D. Afonso Sanches, de Vila do Conde, dando conta que o aluno frequentava o 11.º ano no Curso Profissional de Redes Elétricas, deixando as mais sentidas condolências à família em nome de toda a comunidade escolar.

Também a Associação de Pais da Escola Básica Julio-Saúl Dias, em Vila do Conde, deu conta do “triste” amanhecer para a comunidade escolar do concelho.

“O dia amanheceu mais triste, o João Pedro, aluno do 11°Ano do Curso Profissional de Redes Elétricas, na Escola Secundária D.Afonso Sanches, da qual somos vizinhos, partiu precocemente de forma trágica.
Somos pais e não imaginamos a dor desta família. Queremos aqui endereçar as nossas maiores condolências à Família, Amigos e Colegas do João Pedro. Que em todos vós perdure o sorriso e as boas memórias deste vosso ente querido”, escreveu aquela associação de pais.

O clube de futebol Rio Mau, também de Vila do Conde, lamentou a partida do seu atleta.

De acordo com a Rádio Onda Viva, a outra vítima mortal é Carlos Leal, de 57 anos e residente no concelho da Maia. Será amigo da família de João Pedro e ia dar-lhe boleia para casa depois de terem estado num bar junto à marina onde aconteceu o acidente. Ao fazer inversão de marcha terá calculado mal a distância e o carro caiu ao mar.

Como O MINHO noticiou, o alerta para o acidente ocorreu às 02:56 de sábado e mobilizou Bombeiros, Polícia Marítima e INEM para a zona Norte da marina poveira.

Os bombeiros e a Polícia Marítima realizaram buscas e apenas pelas 05:00 horas conseguiram chegar ao carro, confirmando o óbito dos dois ocupantes. O vidro traseiro estava partido, indicando que ainda tentaram escapar, mas sem sucesso.

Pelas 08:30 horas, os meios já tinham sido desmobilizados mas ainda se encontrava a Polícia Marítima no local com a viatura para “aguardar os trâmites legais neste tipo de situação”, disse a O MINHO o Comando sub-regional do Porto.

Os corpos das vítimas, foram transportados para o Instituto de Medicina Legal para serem autopsiados, isto segundo a Autoridade Marítima Nacional.

A Polícia Marítima registou a ocorrência.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Estado já recuperou 411 milhões da garantia ao BPP e deverá receber totalidade

Próximo Artigo

Guimarães vai ter licenciatura em desporto

Artigos Relacionados
x