Seguir o O MINHO

Braga

Conselho Nacional da Cultura quer classificação da Fábrica Confiança em Braga

Com a abertura deste procedimento, e até à decisão final de classificação, o imóvel “fica legalmente sujeito a vários tipos de medidas de proteção, nomeadamente no que se refere a obras e a licenciamentos”.

em

Antiga fábrica Confiança, em Braga. Foto: Sérgio Freitas / CM Braga

A Secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional da Cultura deliberou a abertura do procedimento para a classificação da antiga Fábrica Confiança, em Braga, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado pelo Gabinete de Estratégia, Planeamento e Avaliação Culturais, o Ministério da Cultura acrescenta que, com a abertura deste procedimento, e até à decisão final de classificação, o imóvel “fica legalmente sujeito a vários tipos de medidas de proteção, nomeadamente no que se refere a obras e a licenciamentos”.

A Saboaria e Perfumaria Confiança, ou Fábrica Confiança, foi fundada em 1894 e até 2005 produziu sabão, sabonetes e perfumes.

O edifício, diz ainda o comunicado, apresenta características representativas da arquitetura industrial oitocentista.

O Conselho Nacional da Cultura é o órgão consultivo do Ministério da Cultura.

A maioria PSD/CDS/PPM na Câmara de Braga quer vender o edifício Confiança, que foi expropriado em 2012, ainda no mandato de Mesquita Machado (PS).

A venda, em hasta pública, pelo preço base de 3,8 milhões de euros, já foi aprovada na Câmara e na Assembleia Municipal.

O presidente da Câmara, Ricardo Rio, justificou a venda da Confiança com a falta de “fundos próprios e europeus” para reabilitar o edifício, considerando que a conservação do legado da saboaria “pode ser feita por privados, até porque o caderno de encargos da venda é rigoroso nesse sentido”.

No entanto, um grupo de cidadãos interpôs uma providência cautelar, no Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga, para travar a hasta pública.

A providência cautelar foi aceite e o processo de venda está, assim, suspenso.

Segundo os defensores da Confiança, aquele “é o último edifício que testemunha o processo de industrialização da cidade de Braga dos finais do século XIX e inícios do século XX”.

Além da questão patrimonial, dizem que a Fábrica Confiança se situa “no local da Via XVII (estrada do período romano entre Bracara Augusta-Asturica Augusta) e numa freguesia (S. Victor) com 31 mil habitantes onde não existe qualquer equipamento cultural municipal”.

Em meados deste mês, Cláudia Sil, membro da Plataforma Salvar a Confiança, considerou à Lusa que a aceitação da providência cautelar era já “uma batalha ganha”, mas salientou que “o caminho ainda vai ser longo” para conseguir impedir que a autarquia de Braga venda a antiga fábrica de sabonetes.

A Câmara de Braga comprou o complexo da Fábrica Confiança por 3,5 milhões de euros em 2012, ainda quando a autarquia estava sob a alçada de Mesquita Machado (PS), tendo em vista a reabilitação dos edifícios e a criação de uma área museológica que preservasse a memória da indústria da cidade.

Notícia atualizada às 15h59.

Anúncio

Braga

Braga ao rubro com David Carreira

Taça da Liga

em

Foto: Divulgação / CM Braga

Milhares de pessoas lotaram a tenda armada na Praça do Município para assistir ao concerto de David Carreira, este sábado à noite, no centro de Braga.

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Inserido na programação da Final Four da Taça da Liga, o espetáculo contou ainda com a participação da banda do antigo guarda-redes Hélton, embaixador da Liga Portugal, organizadora da prova e de toda a animação adjacente.

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Foto: Divulgação / CMB

Este domingo, dia que antecede o do primeiro encontro da Final Four (SC Braga – Sporting CP), ficará marcado pela presença do influenciador Pedro Tim, na Tenda do Adepto presente na Fan Zone, situada na Avenida Central.

Para além desta presença, que atrai a curiosidade de muitos jovens fãs do jogo, este vai ser um dia marcado pelos matrecos humanos, a partir das 17:00, e do torneio interescolas, a decorrer todo o dia.

Continuar a ler

Braga

Morre meia hora depois de ter alta das urgências em Braga

Drama em Braga

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Um homem, com cerca de 70 anos, morreu vítima de um ataque fulminante 30 minutos depois de ter saído do Hospital de Braga com alta.

Segundo a edição impressa deste domingo do Jornal de Notícias, a vítima, Albano Pereira, chegou ao hospital, pouco passava das 09:00 horas do passado dia 04 de janeiro de 2020.

Queixava-se de dores na perna, numa virilha, para além de enjoos, segundo conta a família. Apesar de ter um historial médico de problemas cardíacos, com enfartes e AVC’s, o homem recebeu alta médica cerca das 12:30.

O médico que o atendeu terá dito que se tratava de dor ciática.

Chegado a casa, na companhia da família, o homem acabou por perder a vida num ataque fulminante, relata a mulher, Maria Alice.

A família responsabiliza agora a unidade hospitalar e já foi aberto um inquérito por parte do Ministério Público.

Continuar a ler

Braga

Escapam da morte ao capotar em ribanceira na variante em Braga

Em Ferreiros

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Dois jovens, de 21 e 24 anos, sofreram ferimentos na sequência de um despiste seguido de capotamento, esta madrugada, em Ferreiros, cidade de Braga, apurou O MINHO no local.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O acidente deu-se na Circular Norte de Braga, sentido Norte-Sul, junto ao hipermercado E.Leclerc de Ferreiros.

Um Renault Mégane embateu no rail de proteção, percorreu cerca de 40 metros em despiste numa ribanceira e acabou por capotar num riacho.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O alerta foi dado às 03:52, segundo fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, mobilizando doze operacionais e quatro viaturas dos Bombeiros Sapadores de Braga, incluindo viatura de desencarceramento.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A VMER de Braga deu apoio médico, considerando os ferimentos como “ligeiros”.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Braga. PSP e GNR registaram a ocorrência.

Continuar a ler

Populares