Seguir o O MINHO

Cávado

Condutor salvo da morte por bombeiro à civil após despiste e incêndio na A28 em Esposende

Acidente

em

Imagens via Correio da Manhã

Um homem sofreu ferimentos na sequência de um despiste, ao início da tarde desta quarta-feira, na A28, em Esposende.


A viatura onde seguia terá entrado em despiste e caído a um talude, acabando por incendiar-se com a vítima no interior.

As chamas acabaram por consumir a viatura enquanto populares, desesperados, chamavam pelo passageiro.

Posteriormente, um bombeiro à civil que ia a passar no local desceu ao talude e conseguiu retirar o homem de dentro da viatura, antes que o mesmo fosse atingido pelas chamas.

(Imagens via Correio da Manhã)

Segundo disseram fontes do CDOS e dos Bombeiros de Fão a O MINHO, a vítima sofreu apenas ferimentos ligeiros, tendo sido transportada para o Hospital de Póvoa de Varzim pela ambulância SIV de Vila do Conde.

No local estiveram os Bombeiros de Fão com quatro viaturas e oito operacionais.

A GNR registou a ocorrência.

Anúncio

Cávado

Covid-19: Esposende com 7 casos ativos, 69 recuperados e um óbito

Covid-19

em

Foto: O MINHO / Arquivo

O concelho de Esposende registava, até ás 18:00 horas desta quarta-feira, 77 casos acumulados de infetados com covid-19 desde o início da pandemia, apurou O MINHO junto de fonte local da saúde.

Destes, 69 estão dados como recuperados, lamentando-se ainda um óbito, um homem de 90 anos, residente em Belinho, que faleceu no passado dia 29 de abril.

Existem, atualmente, sete casos ativos de covid-19 em todo o concelho, disse a mesma fonte.

Estes dados são apurados por O MINHO junto de fonte local do setor da saúde e não coincidem com os divulgados pela Direção-Geral de Saúde, no qual Esposende regista o número de 50 doentes há várias semanas.

A DGS já veio a público admitir que os dados não têm sido atualizados, devendo essa atualização ocorrer em breve.

Portugal regista hoje mais 13 óbitos por covid-19, em relação a quarta-feira, e mais 418 casos de infeção confirmados, dos quais 328 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por covid-19 desde o início da pandemia é agora de 1.644 e o total de casos confirmados é de 45.277.

Há 30.049 casos recuperados, mais 335.

Continuar a ler

Barcelos

Jovem de Barcelos diz que matou pai à machadada para acabar com inferno em casa

Justiça

em

Foto: Ivo Borges / Arquivo

Um jovem de 17 anos acusado de matar o pai à machadada em Pereira, Barcelos, confessou hoje o crime, explicando que o seu objetivo foi acabar com o “inferno” criado em casa pelo progenitor.

No início do julgamento, no Tribunal de Braga, num depoimento confuso e marcado por crises de choro, o arguido disse que o pai andava constantemente embriagado, discutia recorrentemente com a mãe sobretudo por questões de dinheiro e que a insultava “quase todos os dias”.

Além disso, admitiu também que ficava “intimidado” com os “toques” que o pai “de vez em quando” lhe dava nas costas, nos ombros e nas virilhas, atribuindo-lhes um cariz sexual.

O homicídio ocorreu em 26 de julho de 2019, um dia depois de a vítima ter regressado de França, onde estivera emigrado desde janeiro.

“Foram os melhores momentos das nossas vidas”, disse o arguido, referindo-se ao período em que o pai não esteve em casa.

Mal chegou, as discussões com a mãe voltaram, tendo a vítima ainda deixado claro que a partir dali “ainda ia ser pior”.

No dia dos factos, ao almoço, o pai voltou a insultar a mãe do arguido.

A mãe foi entretanto trabalhar e o pai foi “dormitar”, para o quarto.

O arguido foi buscar uma machada e desferiu-lhe um número não concretamente apurado de golpes, que o atingiram, além do mais, na cabeça, face, peito, membros e órgãos genitais, acabando por lhe provocar a morte.

A acusação, como hoje sublinhou a juiz presidente, tem cinco páginas com as lesões sofridas pela vítima.

O arguido deixou a machada espetada na cabeça do pai.

“Atuou com frieza de ânimo, aproveitando-se do facto de o seu pai estar deitado a descansar e alheio aos seus intentos, não lhe dando hipótese de qualquer defesa”, sublinha a acusação.

O arguido disse que nunca antes tinha pensado em fazer aquilo e alegou que não se lembra em que partes do corpo atingiu o pai.

“Só sei que fiz isto”, referiu, acrescentando ainda que quis “proteger” a mãe.

Hoje, o tribunal ouviu também a mãe do arguido, que disse ter vivido “muito aterrorizada” com o comportamento do marido e que o filho “tinha sempre muito medo do pai”.

“Até hoje ainda não acredito que o meu filho tenha feito aquilo. Ele morria de medo de objetos que cortassem. Teve de acontecer alguma coisa de muito grave, mas ele nunca me contou, porque é muito fechado, muito reservado”, referiu.

Em relação ao período em que o marido esteve emigrado, disse que “foram quatro meses como nunca tinha tido na vida”.

Disse ainda que o filho “sempre foi muito apegado” a ela, tanto que ainda hoje dormem na mesma cama.

O arguido, que à data dos factos tinha 16 anos, está acusado de homicídio qualificado, um crime punível com até 25 anos de prisão.

Continuar a ler

Cávado

Câmara de Esposende está a recrutar para várias funções

Seis vagas de emprego

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Esposende tem em aberto seis vagas de assistente operacional para várias funções.

O município está à procura de serralheiro, motorista de pesados e veículos especiais, eletricista, carpinteiro e canalizador

As candidaturas para estes postos decorrem até 21 de julho.

A Câmara de Esposende tem a decorrer, ainda, procedimento concursal para recrutamento de encarregado operacional, cuja candidatura pode ser feita até ao próximo dia 16, para as funções de “apoio geral, incluindo as de telefonista e operador de reprografia”.

O salário de assistente operacional é de 645 euros.

As candidaturas podem ser enviadas para Município de Esposende, Praça do Município, 4740-223 Esposende ou [email protected]

Mais informações podem ser consultadas na Bolsa de Emprego Público.

Continuar a ler

Populares