Seguir o O MINHO

Barcelos

Condenados por assalto a empresa onde tinham trabalhado em Barcelos

em

Foto: DR/Arquivo

Dois homens assaltaram, em Barcelos, a empresa onde haviam trabalhado. Levaram um camião e muita mercadoria. Foram apanhados pela Guardia
Civil espanhola quando a tentavam vender na cidade da Corunha, na Galiza. Foram, agora, condenados a três anos e seis meses de prisão,
suspensos por igual período.

Maximiliano Duarte, de 35 anos, e Pedro Silva, da mesma idade, ambos de Braga, foram em setembro de 2016, à firma onde haviam laborado, ainda que sazonalmente, a Sérgio e Edite Espetáculos, Lda, na Rua de Santa Cruz, em Gamil,Barcelos, (que se dedica ao aluguer de máquinas e equipamentos) e empurraram a porta de entrada, já que sabiam que estava avariada e abria quando forçada.

Lá dentro, apropriaram-se de um camião Volvo, que tinha, por regra, as chaves no interior, e levaram 70 tipos de ferramentas e produtos, em
várias quantidades, que valem cerca de 80 mil euros.

Uns dias depois, tentaram vendê-los no polígono industrial de Rianxo, na Corunha, a um empresário. Este não aceitou e, porque desconfiou da proveniência, avisou a Guardia Civil, que os apanhou quando estavam
estacionados na zona. No camião estava parte da mercadoria furtada, no valor de 49.430 euros.
Entregues às autoridades portuguesas, foram julgados e condenados. Têm, ainda, que devolver à empresa 30 mil euros de produtos que
desapareceram.

Populares