Condenado a 20 anos de cadeia homem que matou mulher a tiro por ciúmes em Ponte de Lima

Homicídio
Casados desde 2009, tinham dois filhos. Foto: DR

O Tribunal de Viana do Castelo condenou, esta sexta-feira, a 20 anos de prisão o homem de 36 anos que, em maio do ano passado, matou a mulher a tiro, por ciúmes, à porta de casa, na Correlhã, Ponte de Lima.

Como O MINHO noticiou na altura, movido por ciúmes doentinos, Fernando Correia assassinou a tiro a mulher, Sónia Marisa, e tentou suicidar-se, de seguida, na manhã do dia 03 de maio, em Correlhã, Ponte de Lima, no logradouro da residência onde viviam.
Casados desde 2009, com dois filhos menores, de quatro e 11 anos, viviam no rés-do-chão de uma casa em cujo primeiro andar residiam os pais da vítima, de 35 anos.

Ao que O MINHO apurou, Fernando Correia chegou a trabalhar em linhas de alta tensão e na construção civil. Esteve emigrado na Alemanha, tendo regressado a Portugal no último Natal. Estava sem trabalho desde a semana anterior ao crime.

Já a mulher, Sónia Marisa Barros Correia, era doméstica e o grande apoio da mãe a cuidar do avô, que vivia na casa ao lado, e que está acamado há muitos anos.

Fernando Correia terá cismado na ideia de que a mulher teria um amante, o que o levou a atingi-la com três tiros, depois de esta ter deixado os filhos na escola.

De seguida, o homem, do concelho de Vila Verde, tentou suicidar-se, tendo disparado sobre si próprio no peito e na cabeça.

Foi transportado em estado crítico para o Hospital de Braga, mas sobreviveu.

Quando saiu do hospital, foi detido pela Polícia Judiciária e colocado em prisão preventiva.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Portugal e Brasil retomam protocolo de cinema, atualizado e reforçado - ICA

Próximo Artigo

Preço das casas baixa em Barcelos e aumenta em Guimarães

Artigos Relacionados
x