Seguir o O MINHO

Alto Minho

Comunidade brasileira junta-se para ‘tomar chope’ em Ponte de Lima: “Já somos mais de 300”

“Mais de 500 manifestaram interesse”

em

Foto: DR / Arquivo

Um grupo de amigos residentes em Ponte de Lima, de nacionalidade brasileira, está a organizar um evento que pretende reunir o máximo dos seus compatriotas para um encontro, no restaurante Favas Contadas, na vila limiana, disse a O MINHO fonte da organização.

Preparam o “Dia do Chope”, a partir das 16:00, com petiscos tradicionais portugueses e o típico copo de cerveja de pressão, “imperial”, “fino” ou, neste caso, “chope”, como é conhecida a bebida no Brasil.

Karen Neves, uma das promotoras do evento, explica que a ideia surgiu depois de o grupo perceber que existem alguns cidadãos de nacionalidade brasileira que ainda se sentem um pouco desintegrados e que chegam mesmo a ponderar o regresso ao Brasil por não se adaptarem.

“Muitos dos brasileiros acabam desistindo porque não se adaptam, não encontram emprego, não angariam clientes para as suas profissões, mas acreditamos que a promoção destes encontros acabar por ser benéfica, podendo mesmo surgir novas amizades e conexões de trabalho”, conta.

A iniciativa teve origem através de uma página, nas redes sociais, gerida por Karen: “Alto Minho Para Todos“, onde são propostos destinos de lazer e gastronomia na região minhota, não só para quem vem de fora, mas também para os portugueses.

Sobre o evento, Karen refere que, no Facebook, entre confirmações e manifestações de interesse, existem já cerca de 500 pessoas assinaladas para eventual participação no encontro.

“Já somos mais de 300 a indicar que vamos, mas ao todo são 500 que marcam que vão ou que tem interesse. Sabemos que nem sempre corresponde a números reais, mas acho que vamos conseguir encher o local”, aduz.

Por coincidência, na noite do evento, o Flamengo (de Jorge Jesus) disputa a final da Taça dos Libertadores, sendo um motivo extra para que a comunidade afeta ao Mengão compareça para um possível festejo no final.

Populares