Seguir o O MINHO

Desporto

Ibéria perde malas e deixa Fernando Pimenta três dias à espera na Colômbia

Polémica

em

Foto: DR / Arquivo

O experiente canoísta do Benfica, Fernando Pimenta sofreu um contratempo antes de iniciar um estágio em altitude na Colômbia, na companhia da colega de equipa Joana Vasconcelos e da jovem promessa limiana João Pereira.

Os atletas viajaram para Bogotá num avião da companhia aérea Ibéria, mas não obtiveram qualquer sinal da bagagem quando aterraram na Colômbia.

Passados três dias, os atletas de Ponte de Lima e Porto continuam sem repostas e esperam as malas “com urgência”, uma vez que contém as roupas e o material que necessitam para levar a cabo o estágio desportivo.

Através da rede social Twitter, o multimedalhado canoísta deixou um agradecimento, em tom de ironia, à companhia aérea, exigindo uma resposta e “as malas com urgência”.

🇵🇹 Obrigado @Iberia por nos deixar 3 dias sem as nossas malas. Espero uma resposta e as malas com urgência. 🙏
🇬🇧 Thanks @Iberia for leaving us 3 days without our bags. I expect an answer and the bags urgently .👌
🇪🇦 Gracias @ Iberia por dejarnos 3 días sin nuestras maletas.👏

— Fernando Pimenta (@FPimenta13) February 17, 2020

Quem também sofreu um percalço foi o treinador de Pimenta, Hélio Lucas, que ainda se encontra em Madrid, à espera de um avião atrasado para a Colômbia, e que só deverá partir amanhã [terça-feira].

Fernando Pimenta, em declarações ao site do Benfica antes de partir para a América do Sul, deixou um ponto de situação: “Vamos estar três semanas na Colômbia, cidade de Paipa, num estágio em altitude. Regressamos e vamos ter o Campeonato Nacional de Fundo. As competições mais importantes começam agora e isso é bastante motivador”, disse.

Aos 30 anos, o canoísta de Ponte de Lima, como sénior, já foi três vezes campeão do Mundo, cinco vezes campeão da Europa e venceu 13 medalhas de ouro na Taça do Mundo. Conquistou, em 2012, a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em K2 1.000 metros, com o bracarense Emanuel Silva.

Populares