Comissário europeu diz que há margem para aumentar salários em Portugal

Paolo Gentiloni. Foto: Lusa

O comissario europeu da Economia, Paolo Gentiloni, disse hoje que há margem para aumentar os salários em Portugal, numa conferência de imprensa conjunta com o ministro das Finanças, em Lisboa.

“Em alguns setores em que a procura foi especialmente forte e houve níveis extraordinário de lucros, isso pode permitir ao setor privado e sindicatos encontrarem margem de manobra para aumentar o poder de compra” dos trabalhadores, disse Paolo Gentiloni, considerando que nesse caso os aumentos salariais não contribuiriam para aumentar a inflação.

No Relatório do Conselho de Administração do Banco de Portugal de 2022, divulgado esta semana, o banco central refere que, o ano passado, houve empresas que beneficiaram da conjuntura de aumento dos preços e “terão também aumentado as suas margens de lucro”.

O Banco Central Europeu (BCE) tem discutido o impacto das margens de lucro das empresas no surto inflacionista.

Gentiloni está hoje em Lisboa, onde se reuniu com o ministro das Finanças, Fernando Medina, tendo ambos dado uma conferência de imprensa conjunta, no Ministério das Finanças, em Lisboa.

Segundo informações recolhidas pela Lusa, o comissário italiano está também em Portugal para participar na reunião do grupo Bilderberg (que decorre num hotel de Lisboa e se prolongará até domingo).

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Maior ‘aquapark’ da Península Ibérica a 40 minutos de Guimarães abre no fim do mês

Próximo Artigo

Ministro da Administração Interna disponível para ser ouvido em comissão de inquérito

Artigos Relacionados
x