Comissão volta a chamar filho de Marcelo para falar sobre as gémeas

Recusa em comparecer “consubstancia um crime de desobediência”
Foto: Lusa

A comissão parlamentar de inquérito ao caso das gémeas tratadas no Hospital de Santa Maria voltou a requerer hoje a presença do filho do Presidente da República, alegando que a sua recusa em comparecer “consubstancia um crime de desobediência”.

A comissão aprovou por unanimidade, a convocação de Nuno Rebelo de Sousa para ser ouvido nos dias 03 ou 12 de julho, presencialmente ou por videoconferência, antes da audição à mãe das crianças luso-brasileiras.

“Ao abrigo do artigo 19 do Regimento Jurídico dos Inquéritos Parlamentares, a recusa em comparecer para depor perante esta comissão de inquérito, fora dos casos previstos no artigo 17, com substância um crime de desobediência qualificada”, indicou a comissão na reunião de hoje.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Ensino superior é "melhor porta de entrada" para imigração

Próximo Artigo

Parlamento aprova subida faseada da dedução em IRS com a renda da casa

Artigos Relacionados
x