Seguir o O MINHO

Braga

Comércio em Vila Verde fecha às 22:00

Estado de contingência

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Vila Verde determinou “limitar os horários” de funcionamento do comércio até às 22:00, uma hora antes do limite imposto pelo governo, após consulta e obtenção do parecer favorável da Autoridade de Saúde e Forças de Segurança, havendo exceções para a restauração.

As exceções são as estipuladas na Resolução do Conselho de Ministros n.º 70-A/2020, casos da restauração “exclusivamente para efeitos de refeição no próprio estabelecimento, que prossigam a atividade de confeção destinada a consumo fora do estabelecimento ou entrega no domicílio, estabelecimentos de ensino, culturais e desportivos”.

Entram ainda no regime de exceção Farmácias e locais de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica, consultórios e clínicas, designadamente clínicas dentárias e centro de atendimento veterinário com urgências, atividades funerárias.

A autarquia estabeleceu também exceção para estabelecimentos de serviços de aluguer de veículos, locais de prestação de serviços de aluguer de veículos de mercadorias sem condutor (rent-a-cargo) e de aluguer de veículos de passageiros sem condutor (rent-a-car), podendo, sempre que o respetivo horário de funcionamento o permita, encerrar às 01:00 e reabrir às 06:00.

Anúncio

Braga

Moradores de prédio em Braga desesperam sem eletricidade desde a uma da manhã

Problema só deverá ser resolvido amanhã

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Um prédio na Rua Nova da Estação, em Maximinos, Braga, está desde a uma da manhã desta segunda-feira sem eletricidade e assim deverá continuar pelo menos até amanhã. Os moradores desesperam com o frio, a comida a descongelar nas arcas e a impossibilidade de cozinhar ou tomar banho quente.

No número 75 da Rua Nova da Estação simplesmente não há luz. É o único prédio das redondezas nessas circunstâncias. E quem lá vive está perto de um ataque de nervos.

Foto Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

“O piquete da EDP já veio cá três vezes. A empresa do condomínio chamou uma empresa para tentar resolver mas até agora nada”, relata um morador, dando conta de que a última visita do piquete foi entre as 17:00 e as 18:00, mas o problema não ficou resolvido.

“O condomínio mandou e-mail a dizer que amanhã vão tentar resolver”, refere a O MINHO o morador.

Sem possibilidade de ligar aquecimento, o frio “é o principal problema”, mas há outros, como a comida a descongelar na arca e as pessoas que não têm como cozinhar ou tomar banho, uma vez que também para estas atividades é necessária energia elétrica.

Continuar a ler

Braga

Concelho de Braga com 440 novos casos em três dias. Há 1.827 ativos

Dados locais

Foto: O MINHO (Arquivo)

O concelho de Braga regista 440 novos casos de covid-19 nos últimos três dias.

Casos ativos são atualmente 1.827, menos 50 do que os registados na sexta-feira.

Estes números foram apurados por O MINHO junto de fonte local da saúde e atualizados às 18:00 desta segunda-feira.

Desde o início da pandemia foram registados 13.353 casos no concelho.

O número de óbitos subiu para os 168, mais três desde sexta-feira.

Há ainda um total de 11.358 recuperados, mais 507 nos últimos três dias.

Há 1.676 pessoas em vigilância ativa.

Continuar a ler

Braga

Carro completamente destruído pelas chamas em Braga

Ocupantes saíram da viatura a tempo

Foto: DR

Os Bombeiros Sapadores de Braga apagaram esta tarde, pelas 18:15, um incêndio que deflagrou numa viatura junto ao apeadeiro de Ferreiros, em Braga. O carro ficou totalmente destruído. Suspeita-se de que terá havido um curto-circuito na bateria.

No veículo, ia um casal de cidadãos brasileiros, com um filho, os quais tiveram tempo para o abandonar, não tendo sofrido quaisquer ferimentos.

No local, uma equipa de seis operacionais usou um “espumífero de média expansão” para extinguir o fogo, o que foi conseguido em poucos minutos.

Continuar a ler

Populares