Seguir o O MINHO

Desporto

Clube de Darque “desconhece” agressão a campeão do mundo de canoagem em Viana

Canoagem em pé de guerra

em

Sérgio Maciel. Foto: DR

O Darque Kayak Clube (DKC) afirma desconhecer “a existência de qualquer agressão” por parte do pai de um seu atleta a Sérgio Maciel, campeão mundial de maratonas C1 sub-23, em canoagem, em Viana do Castelo.


Em comunicado, a DKC diz que “injuriaram” o seu atleta, uma criança de nove anos e, “neste contexto, poderá, por mera hipótese académica, o pai da criança, ter ido pedir satisfações aos que alegadamente injuriaram o seu filho”.

A polémica estalou no fim-de-semana, quando o Viana Garças Clube (VGC) denunciou que o pai de um atleta do DKC agrediu Sérgio Maciel e que já apresentara queixa junto das autoridades policiais.

Segundo a nota do VGC, durante o treino de sábado, esteve em iminência uma colisão entre canoístas do DKC, ocorrência que terá sido imputada a Sérgio Maciel e ao pai, após se terem cruzado com esses atletas de formação no rio Lima.

“Os nossos atletas tentaram explicar a situação, em que o aparecimento súbito da margem direita do canal, de jovens e um treinador do DKC, potenciou uma colisão entre todos, mas que foi evitada pela destreza de Sérgio Maciel e pai”, argumenta o clube.

Campeão do mundo agredido após evitar colisão entre canoas em Viana

Na resposta, a DKC emitiu um comunicado em que começa por dizer que “condena sempre a violência” e que, “relativamente a um hipotético incidente de um pai de atleta nosso a um antigo campeão de canoagem e seu pai, a DKC desconhece a existência de qualquer agressão”.

O clube de Darque alega que, “quase após colidirem com ele(s), no treino, vociferaram à(s) criança (s), expressões do tipo “Sai da frente Puto”!!!! Estás aqui a estorvar”!!! e “PUTA QUE PARIU”!!!!”.

Segundo o clube, o pai do atleta de nove anos terá registado na PSP essas altercações “com intenção de participar da conduta desses senhores que se colocam muitas vezes no meio dos atletas da DKC”.

A DKC acrescenta que “sempre primou pela defesa de valores de respeito, boa formação e ética no desporto” e que os seus técnicos e atletas resistem “às repetidas provocações” de que são alvo.

“Acontece que DKC não costuma fazer alarde e vitimizar-se na comunicação social”, refere o clube, salientando “os seus dirigentes e treinadores, infelizmente já foram duas vezes agredidos, injuriados e vitimas de crime de dano”, mas os casos foram tratados na justiça para não “distorcer a imagem da modalidade”.

Anúncio

Futebol

SC Braga bate Casa do Benfica de Loures na fase final em futebol de praia

Futebol de praia

em

Foto: DR

O tricampeão nacional SC Braga bateu a Casa Benfica de Loures por 7-2, somando os seus primeiros três pontos nesta fase, depois da derrota da véspera frente ao Sporting.

Do lado dos minhotos, André Lourenço (2), Bokinha, Fábio Costa, Rafa Padilha, Léo Martins e Jordan Soares foram os marcadores de serviço, com Andrade e Josep a fazerem os golos do conjunto de Loures.

Já o Sporting somou a segunda vitória consecutiva na fase final do Campeonato de Elite de futebol de praia, após vencer o Desportivo de Chaves (5-3).

Os ‘leões’ ganharam graças aos golos de Coimbra, Von, Pinhal e um ‘bis’ de Belchior, enquanto Javier Torres e Kuman marcaram para os transmontanos.

Com estes resultados, o Sporting lidera a tabela classificativa com seis pontos, enquanto a Casa Benfica de Loures (que venceu no sábado o Desportivo de Chaves) e o SC Braga seguem com três. O Desportivo de Chaves ainda não somou qualquer ponto.

O título de campeão é decidido na segunda-feira, na terceira jornada desta fase final que coloca frente a frente o Braga e o Chaves, e o Sporting e a Casa Benfica de Loures.

Continuar a ler

Futebol

Vitória empresta Venâncio ao Lugo de Espanha

Mercado de transferências

em

Foto: DR

O defesa central Frederico Venâncio vai cumprir a temporada 2020/21 no Lugo, da II Liga espanhola de futebol, por empréstimo do Vitória SC , anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa.

“A Vitória Sport Clube, Futebol SAD anuncia o empréstimo de Frederico Venâncio ao CD Lugo, de Espanha, com duração de uma temporada, sem opção de compra”, lê-se na nota publicada no sítio oficial dos vimaranenses.

O jogador, de 27 anos, vai competir pela primeira vez em Espanha, pela equipa da comunidade autónoma da Galiza, atual 16.ª classificada da II Liga ao fim de três jornadas, após ter realizado 36 jogos pelo emblema minhoto nas duas últimas temporadas – oito em 2018/19 e 26 em 2019/20.

Ligado ao Vitória até ao final da temporada 2021/22, Frederico Venâncio ficou de fora do plantel treinado por Tiago Mendes para a época em curso, composto por 33 elementos.

Natural de Setúbal, o defesa formou-se no Benfica e no Vitória sadino, clube pelo qual se estreou na I Liga em 2013, aos 19 anos, e contabilizou 138 jogos oficiais até 2017, com oito golos marcados.

Na temporada 2017/18, Frederico Venâncio representou, por empréstimo dos setubalenses, o Sheffield Wednesday, equipa da II Liga inglesa pela qual disputou 25 jogos oficiais.

Continuar a ler

Futebol

“O meu agradecimento aos muitos adeptos que estavam à nossa espera”

Carlos Carvalhal

em

Foto: Via SC Braga

Declarações após o jogo entre Tondela e SC Braga, da terceira jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no sábado, em Tondela e que terminou com a vitória dos bracarenses, por 4-0:

– Carlos Carvalhal (Treinador do SC Braga): “Na minha opinião, o jogo não foi diferente do que fizemos com o Santa Clara. Hoje os níveis de eficácia foram maiores, conseguimos, se calhar, nas primeiras quatro situações de golo fazer três golos e, depois, ainda temos mais uma oportunidade clara e acabámos por fazer o quarto.

Na segunda parte a eficácia já não foi tão boa, apesar de termos criado oportunidade.

Conseguimos uma vitória boa, robusta, que nos moraliza e não sofremos golos que é uma coisa importante na nossa equipa, porque, no fundo, queremos que a equipa esteja permanentemente equilibrada.

Não demos muitas hipóteses, apesar da forte reação do Tondela na segunda parte e de uma ou outra situação de perigo que, realmente, tiveram, a equipa esteve sempre equilibrada da nossa parte.

O meu agradecimento aos muitos adeptos que estavam à nossa espera, para nos apoiar. Vieram aqui e isso também reforça a necessidade de abrir as portas aos adeptos, evidentemente com segurança, porque as pessoas estão ávidas de futebol.

No caso dos adeptos do Braga estiveram aqui em bom número, antes do jogo a apoiarem-nos, e vieram aqui só para nos apoiar e voltaram outra vez para casa.

Espero que amanhã haja a possibilidade de abrir a porta e ter alguns adeptos dentro do estádio já que, parece-me a mim, estas experiências, este fim de semana, foram bem-sucedidas.

[Sobre o encerramento do mercado de transferências, na terça-feira] Nós sabemos que os nossos jogadores são muito cobiçados. A partir de terça-feira vamo-nos focar todos no Braga e vamos definitivamente arrancar com toda a gente focada para uma excelente época e animar o campeonato”.

– Pako Ayestarán (Treinador do Tondela): “Nenhum treinador espera perder o jogo de início e muito menos perder por quatro golos na primeira parte.

No primeiro tempo [os jogadores do Sporting de Braga] foram muito superiores a nós.

Nos dois jogos anteriores demos uma boa imagem, fomos muito competitivos e hoje tínhamos pela frente uma grande equipa, uma equipa que fez uma grande exibição na primeira parte.

Pensámos que na primeira parte conseguíamos controlar as alas, porque sabíamos que eles posicionam muitos jogadores por dentro (…) mas não fomos capazes e, no segundo tempo, com a mudança de sistema (…) controlámos melhor o jogo e tivemos as nossas oportunidades, mas não fizemos golo.

Prefiro esquecer [os primeiros 45 minutos], porque quando se faz um primeiro tempo como este todos temos algo para analisar, e o primeiro sou eu. Há que aprender com o que aconteceu, mas principalmente esquecer, porque nós não somos a equipa que jogou na primeira parte, somos mais o que fizemos no segundo tempo também.

A agressividade não vem só com um jogador. A equipa tem de conseguir que as bolas cheguem no momento adequado ao lugar adequado”.

Continuar a ler

Populares