Seguir o O MINHO

Famalicão

Cirurgiões de Famalicão vão 15 dias para a Guiné em equipa que vai operar 200 pessoas

em

Dois cirurgiões do Hospital de Vila Nova de Famalicão vão integrar uma equipa de médicos e enfermeiros que vão viajar para a Guiné-Bissau, com o objetivo de operar 200 pessoas, grande parte das quais crianças.

Os médicos partem para aquele país africano no dia 22 de fevereiro, acompanhados com um contentor onde será transportado o material necessário, e ali permanecerão durante duas semanas para cumprir a missão.

Segundo o Jornal de Notícias, que hoje deu a conhecer a história na sua edição impressa (e online, apenas acessível a assinantes), a iniciativa partiu do médico José Manuel In-Uba, guineense que trabalha no Hospital de Aveiro e que desafiou os colegas.

As intervenções cirúrgicas vão decorrer no principal hospital do país, o Hospital Nacional Simão Mendes, na capital, Bissau, onde aqueles profissionais também irão aproveitar para dar formação a médicos e enfermeiros locais.

 

Populares