Seguir o O MINHO

Desporto

Circuito de ténis arranca na segunda-feira com melhores portugueses inscritos

Covid-19

em

João Sousa. Foto: DR / Arquivo

A primeira etapa do novo circuito sénior da Federação Portuguesa de Ténis (FPT) arranca na segunda-feira, em Loulé, com alterações devido à pandemia covid-19, contando com a presença de todos os principais atletas portugueses, revelou hoje a entidade.


“O grupo de inscritos é liderado por João Sousa e conta com a presença de todos os grandes nomes do ténis português”, destacou em comunicado a FPT, especificando que a primeira de três etapas vai ser disputada na Vale do Lobo Tennis Academy, no Algarve.

A federação sublinhou que “a lista de inscritos é encabeçada por João Sousa, o número um nacional e atual 66.º classificado no ‘ranking’ mundial masculino, que assim regressa à atividade em Portugal. Será a primeira vez que o vimaranense disputa uma prova do calendário nacional desde que se sagrou campeão nacional absoluto, em novembro de 2017”.

No quadro masculino estão igualmente inscritos Pedro Sousa (110.º), João Domingues (152.º), Frederico Silva (193.º), Gonçalo Oliveira (278.º) e Gastão Elias (532.º), que também vão aproveitar o lançamento do novo circuito português para competirem pela primeira vez desde que os circuitos internacionais foram suspensos, a meio do mês de março, devido à pandemia de covid-19.

Na competição feminina também vão estar presentes as melhores jogadoras portuguesas da atualidade, com destaque para a tricampeã nacional absoluta, Francisca Jorge (579.ª WTA), seguida de Inês Murta (645.ª), Maria Inês Fonte (912.ª), Ana Filipa Santos (1.141.ª) e Matilde Jorge, todas jogadoras que já representaram Portugal na Fed Cup.

“É uma emoção única poder finalmente ver os melhores jogadores portugueses de regresso aos ‘courts’ nacionais. Foi uma paragem muito longa, cheia de grandes incertezas, mas que agora culmina no novo Circuito Sénior FPT, que é efetivamente um balão de oxigénio para jogadores que estão habituados ao ritmo da alta competição”, assinalou Vasco Costa, presidente da FPT.

O dirigente acrescentou que tem vindo a ser implementada, “com grande sucesso”, cada uma das quatro fases da retoma da atividade definidas para minimizar o impacto do novo coronavírus.

E lançou: “O ‘feedback’ que temos dos atletas, profissionais e amadores, é de grande satisfação por poderem voltar a jogar ténis, e isso é o mais importante para a Federação”.

As três etapas do Circuito Sénior FPT distribuem um total de 45 mil euros em prémios monetários e serão disputadas no sistema de ‘round-robin’, com quatro grupos de três tenistas e os vencedores a avançarem para as meias-finais.

Os quadros principais terão 12 jogadores (seis entradas diretas, quatro qualificados e dois convidados), enquanto os quadros de qualificação terão lugar para 32 jogadores e 16 jogadoras.

Depois de Loulé, o circuito segue para o Lisboa Racket Centre (29 de junho a 05 de julho) e para o Tennis Club da Figueira da Foz (06 a 12 de julho), culminando na realização do Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto, de 13 a 19 de julho no Complexo Desportivo do Monte Aventino, no Porto, que é dotado de um ‘prize-money’ (prémio monetário) de 20.000 euros.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 438 mil mortos e infetou mais de oito milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.522 pessoas das 37.336 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Anúncio

Futebol

Gaitan já veste as cores do SC Braga

I Liga

em

Foto: DR

O SC Braga acabou de oficializar, ao final da manhã desta terça-feira, Nico Gaitan como reforço.

Formado no Boca Juniores, o esquerdino, de 32 anos, que jogou durante seis temporadas no Benfica, alinhou, na última época, a partir de janeiro, no Lille.

Gaitán jogou apenas 50 minutos em quatro jogos, uma vez que a liga francesa foi cancelada, devido à pandemia de covid-19, em março.

Antes, alinhou nos norte-americanos do Chicago Fire e nos chineses do Dalian Pro, depois de uma época e meia no Atlético de Madrid, para onde se transferiu em 2016/17 dos ‘encarnados’.

Continuar a ler

Futebol

Davidson confirma saída do Vitória rumo à Turquia

Futebol

em

Foto: DR / Arquivo

O extremo Davidson confirmou hoje que vai jogar no Alanyaspor, da I Liga turca de futebol, a partir da próxima época, após ter cumprido as duas últimas temporadas no Vitória SC.

“Este é o momento [para sair]. Estou eternamente grato ao Vitória, mas tenho 29 anos e este é o momento de seguir novos rumos, e o Alanyaspor apostou em mim. Também vou porque [a equipa] está na Liga Europa. É um desafio promissor para a minha carreira”, disse o jogador brasileiro, numa entrevista ao canal 11.

A caminho do quinto classificado da I Liga turca em 2019/20, que vai disputar a terceira pré-eliminatória da Liga Europa, o atacante considerou que a última época em Guimarães foi “boa individualmente” – realizou 44 jogos e marcou 10 golos, repartidos pela I Liga, pela Taça de Portugal, pela Taça da Liga e pela Liga Europa.

Natural do Rio de Janeiro, Davidson chegou a Portugal no verão de 2015, para representar o Sporting da Covilhã, clube da II Liga ao serviço do qual apontou 13 golos em 67 partidas, em época e meia.

O atacante mudou-se para o Desportivo de Chaves em janeiro de 2017 e marcou seis golos em 53 encontros oficiais pelos transmontanos, até ao final da temporada 2017/18, antes de se transferir para o Vitória, clube pelo qual fez 10 golos em 39 desafios na primeira época.

Continuar a ler

Futebol

Famalicão contrata defesa esquerdo ao Chaves

Ibrahim

em

Foto: DR

O Famalicão, da I Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje a contratação de Abdul Ibrahim, defesa esquerdo, com um vínculo válido até ao final da temporada 2022/23.

“Assinar pelo Famalicão é mais um passo importante na minha carreira. Conheço o projeto que o clube delineou e estou muito entusiasmado para ajudar o clube a continuar o seu processo ascendente no futebol português”, referiu o ganês, de 21 anos.

O jogador chegou a Portugal em 2017 para jogar nos juniores do Chaves, clube que o descobriu na Academia WAFA.

Abdul Ibrahim manteve-se em Trás-os-Montes até ao final da época transata, durante a qual atuou na equipa satélite dos flavienses, que competiu no Campeonato de Portugal.

Continuar a ler

Populares