Seguir o O MINHO

Desporto

Cinco atletas de Guimarães vencem ouro no Mundial de Judo para Síndrome de Down

Atletas da CERCIGUI

em

Foto: Divulgação

Nelson Silva (-55Kg), Susana Castro (-70Kg), Carlos Alves (+90Kg), Paulo Jorge Lemos (-90Kg) e Susana Bassilisa (+70Kg) são os cinco atletas da CERCIGUI que se sagraram, em novembro, campeões mundiais de Judo adaptado a Síndrome de Down.


Para além das cinco medalhas de ouro, aquela instituição arrebatou ainda três medalhas e uma de bronze, no torneio que decorreu em Caldas das Taipas, no concelho de Guimarães. Para além de Portugal, estiveram presentes atletas da Suécia, Polonia, Turquia, Croacia, Roménia e Turquemenequistão.

Em comunicado enviado a O MINHO, fonte da CERCIGUI explica que a seleção nacional apresentou-se com 21 atletas masculinos e femininos, doze deles da instituição vimaranense. Os atletas portugueses conquistaram, ao todo, 16 medalhas, com nove de ouro.

Anúncio

Futebol

Jorge Jesus quer recuperar “prestígio internacional” do Benfica, mas recusa ser “salvador”

Futebol

em

Foto: SL Benfica

O treinador Jorge Jesus assumiu hoje que regressou ao Benfica para “ganhar e para unir a nação benfiquista”, recusando, contudo, definir-se como o “salvador” de um projeto que tem como objetivo “recuperar o prestígio internacional” do clube.

“Aos benfiquistas, quero dizer que vim para ganhar, porque estou habituado a ganhar, mas também vim para unir a nação benfiquista. Vim para o Benfica com a mesma crença que tinha no dia 19 de junho de 2009, quando fui apresentado pela primeira vez. Venho com a mesma vontade de ganhar, com a mesma convicção, estou determinado e com muita vontade de ganhar coisas importantes”, afirmou Jorge Jesus, durante a apresentação como novo técnico dos ‘encarnados’.

Jorge Jesus recusou que tenha regressado ao Benfica para se “reformar” e revelou que vai “ganhar menos do que ganhava no Flamengo”, deixando uma certeza: “Vim para o Benfica porque acredito no projeto, nesta nação e nas condições para fazer do Benfica grande, para recuperar o prestígio internacional. É fundamental voltarmos a ganhar.”

O técnico, que assinou por duas temporadas com o Benfica, foi perentório e revelou alguma emoção no momento de abordar este regresso a Portugal, após um ano no Flamengo.

🎥 O discurso de JJ na apresentação como novo treinador do Benfica!

Publicado por Sport Lisboa e Benfica em Segunda-feira, 3 de agosto de 2020

“Não sou o salvador. Salvadores vamos ser todos nós. Cheguei de um grande clube, que se uniu à volta do seu treinador, da sua equipa e, por isso, é que ganhámos grandes títulos internacionais. Quero agradecer ao Flamengo, do fundo do coração, pela forma como me trataram, a amizade e amor que tiveram por mim. Agora, pensem: o Flamengo tem 50 milhões de adeptos. Para eu vir para o Benfica tinha de haver uma causa muito grande, que é voltar a ganhar”, observou.

Jorge Jesus, de 66 anos, está de regresso ao clube da Luz cinco anos depois de ter saído para o Sporting, tendo sido técnico principal do Benfica entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente, três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória SC, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e SC Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos ‘encarnados’, que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado ainda pelo Al-Hilal antes de chegar ao Flamengo, no qual arrecadou seis troféus em pouco mais de um ano, entre os quais o campeonato brasileiro e a Taça Libertadores.

Continuar a ler

Futebol

Jorge Jesus assina contrato como treinador do Benfica por dois anos

Futebol

em

Foto: SL Benfica

O treinador de futebol Jorge Jesus assinou hoje contrato com o Benfica por dois anos, até ao final da temporada 2021/22, anunciou o clube ‘encarnado’, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que acabou de formalizar o acordo para a contratação do treinador Jorge Jesus, ao abrigo de um contrato de trabalho desportivo para vigorar nas próximas duas épocas desportivas”, indica o comunicado.

Jorge Jesus, de 66 anos, já tinha sido confirmando como novo técnico dos ‘encarnados’ em 17 de julho, dia em que rescindiu com o Flamengo, após conquistar seis troféus em pouco mais de um ano, incluindo a Taça Libertadores e o campeonato brasileiro.

O técnico luso regressa a um cargo que ocupou entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente, três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

https://www.facebook.com/SLBenfica/videos/311842780010203

No total dos seis anos, o treinador, nascido na Amadora, em 24 de julho de 1954, somou 321 encontros pelos ‘encarnados’, conseguindo 225 vitórias, 52 empates e 44 derrotas, com 674 golos marcados e 249 sofridos.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória SC, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e SC Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos ‘encarnados’, que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado, no estrangeiro, por Al-Hilal e Flamengo.

Jorge Jesus está a ser apresentado como novo treinador do Benfica, sucedendo a Nélson Verríssimo, o substituto temporário de Bruno Lage, numa cerimónia a decorrer no Benfica Campus, o centro de estágio das ‘águias’, no Seixal.

Continuar a ler

Futebol

Rio Ave oficializa contratação do técnico Mário Silva por duas épocas

Sucessor de Carlos Carvalhal

em

Foto: DR / Arquivo

O Rio Ave oficializou hoje a contratação do treinador Mário Silva, que assinou um contrato válido para as próximas duas temporadas.

O técnico, de 43 anos, que estava nos espanhóis do Almería, regressa a Portugal para se estrear como treinador principal de uma equipa do principal escalão do futebol nacional, sendo o sucessor de Carlos Carvalhal no comando da formação vila-condense.

Depois de uma carreira como jogador, com passagens por Boavista, FC Porto, pelos franceses do Nantes, e pelos espanhóis do Recreativo de Huelva e Cádis, Mário Silva abraçou a carreira como treinador, em 2010, ao serviço do Boavista, passando pelas camadas jovens dos ‘axadrezados’ até uma curta passagem como técnico da equipa principal.

https://twitter.com/RioAve_FC/status/1290294824164143104

Seguiu-se uma ligação ao futebol de formação do FC Porto, onde teve como maior feito, a conquista do título europeu de sub-19, em 2019, antes de se mudar para Espanha, onde assumiu a coordenação da formação do Almería e, no último mês, orientou os trabalhos da equipa principal, até ser rendido por José Gomes (ex-Marítimo).

Agora nos Arcos, Mário Silva está já a preparar o arranque da época do Rio Ave, agendada para 14 de agosto, uma vez que a formação vila-condense tem um compromisso da segunda eliminatória de acesso à Liga Europa, em 17 de setembro.

Continuar a ler

Populares