Seguir o O MINHO

Região

Chegou o Outono. Eram 08:50 e traz chuva

Aguaceiros fracos irão passar a períodos de chuva

em

Ponte de Lima no Outono. Foto: Susana A. Matos / Facebook (Arquivo)

O outono começa hoje com temperaturas a variar entre os 20 e os 27 graus Celsius, no país, e alguma chuva no Minho, segundo o meteorologista Bruno Café, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


De acordo com Observatório Astronómico de Lisboa, o equinócio de outono começou hoje às 08:50. Esta estação prolonga-se até ao dia 22 de dezembro às 04:19, dando início ao inverno.

Em declarações à agência Lusa, Bruno Café adiantou que para hoje estão previstos períodos de céu muito nublado e possibilidade de aguaceiros fracos no Minho, passando depois a períodos de chuva.

“Para amanhã [terça-feira] temos a passagem de uma superfície frontal com períodos de chuva nas regiões do norte e centro mais frequente e intensa no Minho e Douro litoral, passando depois a regime de aguaceiros fracos a partir do meio da manhã e pouco frequentes durante a tarde”, indicou.

Na região sul, segundo Bruno Café, está prevista chuva fraca apenas a norte do Baixo Alentejo.

“Em relação às temperaturas, está prevista para hoje uma descida da temperatura mínima. As mínimas vão rondar os 10 a 16 graus, sendo mais baixas no interior, onde deverão rondar os 08 a 10 graus”, disse.

Segundo o meteorologista do IPMA, para hoje está prevista uma subida da temperatura máxima no interior entre os 02 e os 04 graus Celsius.

“Vamos ter temperaturas entre os 20 e os 27 graus (as mais elevadas no Alentejo e Santarém). Para amanhã [terça-feira] descem um bocadinho”, disse.

Para os próximos dias, segundo Bruno Café, estão previstas pequenas oscilações nos valores da temperatura, mas nada significativo.

Anúncio

Ave

Incêndio numa serração em Fafe causa danos materiais

Incêndio industrial

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Um incêndio deflagrou nesta madrugada numa serração em Fafe, na Rua dos Aliados, causando danos materiais, disse a O MINHO fonte do CDOS de. Braga.

No local estiveram 13 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Fafe apoiados por quatro viaturas, assim como elementos da Proteção Civil Municipal e a GNR.

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Pelas 02:09, o incêndio encontra-se em fase de rescaldo.

(em atualização)

Continuar a ler

Alto Minho

Bombeiros evitam que chamas atinjam casa durante incêndio em Ponte de Lima

Incêndio florestal

em

Foto cedida a O MINHO

O grande incêndio que lavra na freguesia de Anais nesta terça-feira, dirigia-se a uma habitação, cerca das 23:40, mas a rápida intervenção dos bombeiros no terreno evitou o pior.

As chamas chegaram a aproximar-se de uma habitação situada na zona de Costeira, na rua do Covão, mas apenas ardeu zona de floresta depois de os bombeiros conseguirem dominar o fogo que seguia na direção de zona habitacional, junto ao Bom Jesus de Anais, não chegando a casa a estar em perigo.

As chamas deste incêndio que atravessou as freguesias de Fornelos (onde teve início) e Queijada, estão ainda longe de serem dominadas, face aos fortes ventos que se fazem sentir naquela zona montanhosa que divide os concelhos de Ponte de Lima e Vila Verde, já no distrito de Braga.

Fonte do CDOS de Viana indicou a O MINHO que estão, de momento, 83 operacionais apoiados por 26 viaturas vindas de corporações dos dois distritos minhotos no combate às chamas.

Incêndio em Ponte de Lima vai com várias frentes para Vila Verde mas sem ameaçar casas

Adiantou ainda que o incêndio permanece ativo e não está a ameaçar habitações.

Continuar a ler

Região

Incêndio em Ponte de Lima vai com várias frentes para Vila Verde mas sem ameaçar casas

Incêndios

em

Foto: Armando Carriça / O MINHO

O incêndio que deflagrou ao início da noite desta terça-feira em Fornelos, concelho de Ponte de Lima, está, pelas 02:39 horas, com as frentes de incêndio sectorizadas, disse a O MINHO fonte do CDOS de Viana do Castelo. Encontra-se, no entanto, ainda ativo e sem estar dominado.

Segundo Carlos Lima, comandante dos Bombeiros de Ponte de Lima, o incêndio está difícil de dominar devido ao vento que se faz sentir no alto daquelas freguesias de montanha, tendo passado de Fornelos para Anais, já na fronteira com o concelho de Vila Verde.

Foto: Ângelo Reis

Foto: Armando Carriça / O MINHO

Foto: Armando Carriça / O MINHO

Foto: David Raúl / O MINHO

Foto: David Raúl / O MINHO

“Ainda não sabemos se já passou para o concelho vizinho mas está ainda descontrolado, embora não esteja a ameaçar habitações”, acrescentou Carlos Lima.

No teatro de operações estão, pelas 02:39, 94 bombeiros de várias corporações do distrito de Viana do Castelo, entre as quais Ponte de Lima, Viana do Castelo e Paredes de Coura, mas também do distrito de Braga como a corporação de Vizela.

(em atualização)

Continuar a ler

Populares