Chega propõe inquérito parlamentar sobre Santa Casa

Foto: Lusa

O presidente do Chega anunciou hoje que o partido entregou no parlamento uma proposta de comissão de inquérito sobre a gestão e conduta dos anteriores responsáveis da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

Segundo André Ventura, a iniciativa do Chega, que já consta da página do parlamento, foi entregue ainda antes de outra, da Iniciativa Liberal, no mesmo sentido, mas disse estar disponível para trabalhar num texto conjunto.

“O Chega ponderou todos os instrumentos possíveis para obter esclarecimentos, mas ontem à noite decidimos dar entrada de um inquérito parlamentar que será discutido nos próximos dias”, anunciou aos jornalistas no parlamento.

Ventura disse não querer “banalizar as comissões parlamentares de inquérito”, mas considerou que este é “o único instrumento que pode apurar a verdade sobre as acusações graves de uso indevido de dinheiro público” na SCML.

“Ainda hoje encetaremos conversações com PS e PSD” para que possam viabilizar esta iniciativa, disse, até porque o Chega já utilizou o seu direito potestativo de impor um inquérito parlamentar (limitado a um por sessão legislativa) sobre o caso das crianças brasileiras tratadas em Portugal.

De acordo com o projeto disponível na página da Internet da Assembleia da República, o Chega pretende um inquérito parlamentar “para averiguação da gestão, transparência de funções e conduta dos anteriores responsáveis envolvidos nos desequilíbrios de contas e funcionamento da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Ministro desconhece caso de agressão a criança nepalesa

Próximo Artigo

Treinador do Casa Pia quer ganhar em Famalicão porque “última imagem é a que fica”

Artigos Relacionados
x