Redes Sociais

Braga

Milhares de pessoas evacuadas em três horas de “inferno” na cidade dos Arcebispos

 a

 

“Eram remoinhos de fogo que levavam tudo à frente”, afirmou ao O MINHO Joana Silva, moradora em Fraião, que viu as chamas ao longe mas que rapidamente de assombraram sobre a casa.

“Apenas tive tempo de pegar nos cães e fugir”, recorda.

Os relatos multiplicaram-se um pouco por toda zona sul da cidade de Braga, que esta madrugada de segunda-feira, e num espaço de três horas, viu um “gigante” incêndio florestal transformar-se em “bolas de fogo” que devastaram e ameaçaram terrenos e habitações.

As zonas de Nogueira, Nogueiró, Fraião, Lamaçães, Tenões, Espinho e Este São Pedro foram transformadas em zona de “medo”. Esta zona urbana da cidade, conhecida como “a favela dos ricos”, onde as vivendas luxuosas entram nas matas da Serra do Sameiro, Falperra e Monte do Bom Jesus, foram transformadas em “estado de sítio”. Estima-se que cerca de seis mil pessoas tenham recebido ordens para deixar as casas que estavam na várias linhas de fogo.

Mais de uma centena de bombeiros combateram as chamas que só deram tréguas quando começaram as esbarrar no alcatrão das estradas, ruas e avenidas. Mesmo assim há a registar uma casa que foi atingida pelas chamas e explodiu, mas sem causar feridos e deixando dois idoso desalojados.

Para além das habitações, receberam ordens de evacuação, seminários e hotéis, que transformaram o vale de Lamaçães, em hora de ponta a madrugada. Dezenas de vias foram cortadas ao trânsito durante a noite.

O município decretou ainda o estado de emergência municipal.

 

 

 

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Braga

Incêndios: Alerta especial amarelo prolongado no Minho

Publicado

 a

Foto: O MINHO/Arquivo

Os distritos de Braga e Viana do Castelo estão com alerta especial amarelo de incêndio, o terceiro mais grave, até às 23:59 desta terça-feira.

Este nível de alerta especial é estendido, informa a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) em comunicado, justificando o procedimento com a “persistência de tempo muito quente e seco”, favorável à deflagração e propagação de incêndios.

A Proteção Civil prolongou até terça-feira o estado de alerta especial vermelho, o mais grave, relativo aos meios de combate a incêndios florestais, para os distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda e Portalegre, anunciou hoje.

O estado de alerta especial fica laranja, o segundo mais grave, nos distritos de Coimbra, Leiria, Lisboa, Santarém, Setúbal e Viseu e amarelo, o terceiro mais grave, em Aveiro, Porto e Vila Real, para além dos distritos do Minho.

O estado de alerta especial faz parte do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro, que define a “prontidão e mobilização das estruturas, forças e unidades de proteção e socorro em conformidade com os riscos associados”.

De acordo com o comunicado da ANPC, entre as 00:00 e as 19:00 de hoje houve 58 incêndios rurais, envolvendo no combate 1.660 operacionais, auxiliados por 429 viaturas e 12 aeronaves.

O fogo que lavra desde sexta-feira em Monchique, no Algarve, tinha, pelas 19:00 de hoje, 1.108 operacionais, apoiados por 341 veículos e 13 aeronaves.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Avisos

Braga promove potencialidades turísticas em feira na Galiza

Publicado

 a

Braga vai marcar presença numa das maiores feiras de turismo da Galiza, a Turexpo que irá decorrer em Silleda, entre os próximos dias 07 e 10 de junho. É a primeira vez da cidade no evento com stand próprio.

“Com a participação neste evento, o Município cumpre assim mais uma etapa na estratégia de internacionalização da marca Braga junto de mercados com elevado potencial. O património, a gastronomia, o comércio, o turismo religioso, os eventos culturais e desportivos do Concelho vão estar em destaque no stand”, diz a autarquia, em comunicado.

Esta feira proporciona a participação numa Bolsa de Contratação que terá 43 operadores turísticos de 12 países. A feira prevê a realização de encontros sobre as temáticas da gastronomia, enoturismo, lazer e cultura, hotelaria, turismo activo e de natureza.

“Braga é uma cidade com passado, presente e futuro e estará sempre de portas abertas para oferecer o seu melhor a quem nos queira visitar”, refere Altino Bessa, vereador responsável pela área do Turismo.

Recentemente, Braga participou também na Feira Ibérica de Turismo, que decorreu na cidade da Guarda, e na Expovaciones de Bilbau, em Espanha.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Braga

Promoções e Carolina Deslandes no “Shopping Day” do Braga Parque

Publicado

 a

Foto: Divulgação

No próximo dia 4 de maio, a partir das 10:00, acontece no Braga Parque a terceira edição do Shopping Day de 2018. Neste dia grande parte das lojas do centro comercial vão abrir com descontos para além de diversos eventos gratuitos.

Durante todo o dia acontecem palestras e worshops com os mais variados convidados para todos os públicos.

Pela manhã a fotógrafa oficial do blog de Cristina Ferreira, Isabel Saldanha, vai ensinar os melhores truques para tirar as fotografias perfeitas, numa talk session pelas 11:00.

A pensar nos mais novos, entra em palco Sea3Po, a maior YouTuber portuguesa da atualidade, para conversar sobre o bullying entre jovens na era digital – tema do livro que lançou no início deste ano. No final há direito a sessão de autógrafos.

Já Isabel Silva, a apresentadora da TVI que é também a corredora mais famosa do país, traz ao Braga Parque um workshop sobre a sua comida “do bem”. Autora de dois livros de receitas e bem-estar, Isabel Silva vai contar os hábitos de vida saudável que tem, mostrar como é fácil e rápido fazer receitas simples e cheias de nutrientes, e responder às perguntas do público.

Para além disso, ao longo de todo o dia, os homens podem aproveitar para fazer ou aparar a barba gratuitamente na Barber Shop oferecida pela Barbearia Cortes de Lisboa. Já as senhoras têm direito a uma make-up express gratuita no Ladies Beauty Saloon preparado pelas lojas NYX e Seissete.

A cantora portuguesa, Carolina Deslandes, sobe à escadaria central para um concerto de apresentação do seu novo disco “Casa”, às 21:30.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Continuar a ler

Populares