Seguir o O MINHO

Futebol

Cerca de 10 mil adeptos esperados para a Supertaça vão ser testados pela FPF

Covid-19

em

Foto: Arquivo

Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai disponibilizar um serviço de testes antigénio para os detentores de bilhetes para a Supertaça entre Sporting e SC Braga, que vai contar com 33% da lotação do estádio em Aveiro.

“Em colaboração com a Cruz Vermelha Portuguesa, a operação decorrerá nos dias 30 e 31 de julho nos estádios José Alvalade e Municipal de Braga. O custo associado a este teste, comparticipado pela FPF, é de 10 euros”, refere o organismo em comunicado hoje divulgado.

O encontro da Supertaça entre Sporting e SC Braga, agendado para sábado, às 20:45, em Aveiro, vai contar com 33% da lotação do estádio, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), em comunicado.

Assim, o estádio, com capacidade para 30.127 pessoas, vai poder contar com cerca de 10 mil adeptos nas bancadas.

Para facilitar o acesso ao recinto e evitar “atrasos e longas filas no dia do jogo”, todos os portadores de bilhete devem estar munidos de uma pulseira especifica do evento, refere a FPF.

A pulseira em causa pode ser recolhida nos estádios dos dois clubes, nos dias 29, 30 e 31 de julho, ou no dia do jogo no Municipal de Aveiro.

Para assistir ao jogo, além das habituais condições de acesso e permanência em espetáculos desportivos deste tipo, será necessário um certificado digital covid-19 válido que comprove vacinação completa, ou um teste PCR com resultado negativo, realizado até 72 horas antes do jogo.

Também poderão entrar no Estádio os adeptos que apresentarem um teste antigénio com resultado igualmente negativo, efetuado até 48 horas antes da partida, e a temperatura corporal terá de ser inferior a 38.ºC, um controlo que será realizado no acesso ao recinto.

O uso permanente da máscara de proteção e a manutenção do distanciamento físico será obrigatório.

O FPF explica que processo de venda de bilhetes será da “exclusiva responsabilidade” de Sporting e SC Braga, cabendo-lhes “definir os critérios para a sua aquisição”.

“Os dois clubes acordaram realizar a venda de ingressos para o jogo a partir do dia 29 de julho”, frisa o comunicado.

No dia de hoje, a ministra da Saúde admitiu a “abertura” para a presença de público na Supertaça, descrevendo o jogo como um possível “evento-teste” para o regresso de espetadores às bancadas.

“Em relação ao público nos eventos organizados em ambiente aberto, aquilo que ficou hoje referido pelos peritos foi que há, face a esta situação de aumento da vacinação, possibilidade de fazer essa abertura”, adiantou Marta Temido, em declarações aos jornalistas após a reunião no Infarmed, em Lisboa.

Populares