Seguir o O MINHO

Famalicão

Centro Hospitalar do Médio Ave abre camas suplementares e reforça equipas

em

Foto: DR

O Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA) abriu 23 camas suplementares e reforçou as equipas de profissionais para “dar resposta” ao aumento da afluência nos Serviços de Urgência, informou esta sexta-feira aquela unidade hospitalar.

Em comunicado enviado à Lusa, o CHMA refere que na última semana os atendimentos no Serviço de Urgência Básica (Unidade de Santo Tirso) aumentaram cerca de 30% face à média anual e no Serviço de Urgência Médico-cirúrgica e no Serviço de Urgência Pediátrica (Unidade de Vila Nova de Famalicão) aumentaram cerca de 15%.

O CHMA explica ainda que “apesar do reforço das equipas, a resposta ao crescimento da procura tem sido garantida pela disponibilidade e empenho dos profissionais do CHMA que, por vezes em condições difíceis, procuram prestar os melhores cuidados a todos os que deles necessitam”.

No texto, o centro hospitalar, que junta os hospitais de Santo Tirso e de Vila Nova de Famalicão, refere que “os tempos máximos de resposta nos Serviços de Urgência do CHMA só pontualmente têm sido ultrapassados”, pedindo a “melhor compreensão dos utentes”.

O Plano de Contingência – Módulo Inverno do CHMA está também em vigor desde 04 de dezembro, prevendo o recurso a várias medidas excecionais (reforço das equipas de profissionais, abertura de camas suplementares, suspensão de férias), que poderão ser tomadas em função da variação da procura de cuidados de saúde.

Populares