Seguir o O MINHO

Ave

Casal de feirantes suspeito de explorar homem de 36 anos de Celorico de Basto

PJ/Vila Real

em

Foto: DR

Um casal foi hoje detido pela Polícia Judiciária (PJ), em Vila Real, por suspeitas de explorar um homem de 36 anos, natural de Celorico de Basto, que vivia em “condições quase desumanas” num pequeno atrelado e tomava banho num tanque.

António Trogano, coordenador de investigação criminal da PJ de Vila Real, esclareceu que foi uma denúncia anónima que alertou esta polícia para o caso que culminou com a detenção, na terça-feira, de um casal de feirantes, de 46 e 50 anos.

“Chocou as condições degradantes, quase desumanas, em que este indivíduo vivia e de alguma ausência da comunidade em prestar-lhe algum apoio, mais não seja, denunciando às autoridades estas circunstâncias”, afirmou o responsável em conferência de imprensa.

De acordo com o António Trogano, a “vítima vivia em condições deploráveis”, mesmo “quase desumanas”.

“Vivia num reboque, num atrelado, e fazia a sua higiene pessoal num tanque existente nas proximidades desse reboque e era sujeito a um modo de vida muito precário”, frisou.

O pequeno atrelado, tapado com uma lona, estava localizado num bairro da cidade de Vila Real.

Os dois arguidos estão, segundo a PJ, “fortemente indiciados” pela prática do crime de tráfico de pessoas, ou seja, são suspeitos de explorar o homem de 36 anos, aproveitando-se do “défice cognitivo” de que padece e “ficando com o rendimento do seu trabalho”.

A vítima trabalhava na agricultura, nomeadamente nas vindimas, poda ou apanha da castanha.

“Os arguidos contratavam diretamente com os empregadores e recebiam o salário que era devido à vítima. Isto ocorreu durante cerca de dois anos”, frisou.

Não há qualquer relação familiar entre os arguidos e o homem.

Após a detenção do casal, segundo o coordenador da PJ, a vítima foi conduzida para junto do seu agregado familiar.

“Que nós saibamos não estava referenciado, nem era acompanhado por ninguém. Estava entregue ao arguidos que o exploravam e obtinham os rendimentos do seu trabalho”, referiu António Trogano.

Anúncio

Guimarães

Mulher de 81 anos atropelada no centro de Guimarães

Na Alameda Alfredo Pimenta

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Uma mulher de 81 anos foi, esta quinta-feira, por volta das 11:00 da manhã, vítima de um atropelamento em Guimarães, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

O acidente aconteceu na Alameda Dr. Alfredo Pimenta, no centro da cidade. Em resultado, um carro-patrulha da PSP e uma ambulância foram mobilizados para o local.

A vítima foi de imediato transportada para o hospital pelos Bombeiros de Guimarães com ferimentos considerados ligeiros.

Continuar a ler

Famalicão

Investimento de 3 milhões em novo hotel com assistência médica incluída em Famalicão

Ocupará uma área aproximada de 33 mil metros quadrados

em

Foto: Divulgação / CM Famalicão

É já no próximo ano de 2020 que uma nova unidade hoteleira nasce na freguesia rural de Gondifelos, em Famalicão, com a particularidade de ser um hotel assistencial, anunciou esta quinta-feira a autarquia.

O hotel Campus de Fiães – assim será baptizado – ocupará uma área aproximada de 33 mil metros quadrados divididos por um edifício principal (com cerca de dois mil metros quadrados) e dez casas autónomas, implementadas numa zona verde ao redor do edifício principal.

Em comunicado, a Câmara de Famalicão indica que este novo espaço alia “ao conforto do alojamento a vertente assistencial especializada em áreas como a enfermagem, fisioterapia, psicologia entre outras especialidades médicas”.

O projeto será apresentado nesta sexta-feira, no café concerto da Casa das Artes e é parcialmente financiado pelo Turismo de Portugal.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães chora trágica morte de jovem em acidente de trabalho

Natural de Santa Eufémia de Prazins

em

Foto: Facebook de Cristiano Freitas

A freguesia de Santa Eufémia de Prazins está de luto na sequência da trágica morte de Cristiano Freitas, de 25 anos, enquanto trabalhava numa obra em Fermentões, no concelho de Guimarães.

O jovem foi atingido, ao início da manhã de quarta-feira, por uma estrutura que desabou, ficando esmagado, com o óbito a ser declarado ainda no local por elementos médicos do INEM.

A Autoridade para as Condições do Trabalho está a averiguar as circunstâncias em que se deu o acidente, que provocou ainda ferimentos graves em outro homem, com cerca de 60 anos.

A autópsia do jovem está marcada para esta quinta-feira, com as cerimónias fúnebres a decorrerem na sexta, a partir das 15:00, na igreja paroquial de Santa Eufémia.

Continuar a ler

Populares