Seguir o O MINHO

Cabeceiras de Basto

‘Casa da Partilha’ é inaugurada em Cabeceiras de Basto

Grupo Cultural Recreativo Núcleo Infantil de Gandarela é a entidade promotora

em

Foto: CM Cabeceiras de Basto

A’Casa da Partilha’ é um projeto visa implementar equipamento social que preste apoio a crianças/adolescentes e idosos da freguesia de Basto S. Clemente e freguesias adjacentes, em Cabeceiras de Basto. É inaugurada, hoje, às 19:00.

A nova estrutura pretende “melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, através de um Centro de recreativo e um centro
de Ocupação de Tempo Livres”, refere nota municipal.

“O intercâmbio intergeracional será o ‘ponto-chave’ do projeto ‘Casa da Partilha-Encontro de Gerações’. Procura-se, essencialmente mostrar a utilidade e a capacidade na atuação das pessoas seniores e unir gerações para trabalhar juntas, permitindo-lhes beneficiar e aprender umas com as outras, ao explorar dependências mútuas” refere Daniel Meireles, responsável pela Casa da Partilha, e Presidente do Grupo Cultural Recreativo Núcleo Infantil de Gandarela,
entidade promotora da Casa da Partilha.

No mesmo edifício, algumas salas servirão de ponto de encontro entre as duas gerações, através da realização de atividades pedagógicas, culturais e recreativas, entrelaçando assim a vitalidade e a energia das crianças/adolescentes com a sabedoria e a experiência dos idosos, desenvolvendo desta forma, a solidariedade entre gerações, desconstruindo estereótipos associados à idade.

No mesmo dia, e em jeito de celebração dos 42 anos do Grupo Cultural, será servido um jantar solidário para angariação de fundos para esta associação.

Anúncio

Cabeceiras de Basto

Homem detido por tráfico de droga em festival de música em Cabeceiras de Basto

Foram também elaborados 18 autos de contraordenação por infrações rodoviárias

em

Foto: Divulgação

A GNR deteve um homem de 27 anos em Cabeceiras de Basto por tráfico de estupefacientes, no âmbito de uma operação de prevenção criminal num festival de música que decorreu no fim de semana, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a GNR acrescenta que foram ainda elaborados 12 autos de contraordenação por posse/consumo de estupefacientes.

A operação resultou na apreensão de 129 doses de haxixe, 69 doses de canábis (folhas) e um comprimido de metadona.

Foram também elaborados 18 autos de contraordenação por infrações rodoviárias.

Continuar a ler

Cabeceiras de Basto

PJ detém suspeito de atear três fogos em Cabeceiras de Basto

Homem de 58 anos

em

Foto: DR / Arquivo

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 58 anos por suspeitas de ter ateado esta semana três incêndios florestais em Cabeceiras de Basto, no distrito de Braga, anunciou hoje aquela polícia.

Em comunicado, a PJ explica que o detido, desempregado, é suspeito de ter ateado três fogos, dois ocorridos na noite de segunda-feira e um na manhã de quarta-feira, numa freguesia de Cabeceiras de Basto.

O homem, residente em Cabeceiras, regista antecedentes criminais pela prática de incêndios florestais de natureza dolosa, adianta.

“Os incêndios consumiram principalmente área florestal e sobrante, não tendo atingido outras proporções devido à pronta intervenção dos bombeiros cabeceirenses que impediram a sua propagação”, refere a PJ.

Identificado e detido fora de flagrante delito, o suspeito vai ser hoje presente a primeiro interrogatório judicial, acrescenta a PJ.

Continuar a ler

Ave

Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto em risco muito elevado de incêndio

Vários concelhos dos distritos de Braga e Viana do Castelo apresentam risco elevado

em

Imagem: IPMA

Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, no distrito de Braga, fazem parte de uma lista de mais de 60 concelhos de 12 distritos de Portugal continental que apresentam hoje um risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou, ainda, em risco muito elevado de incêndio mais de 60 concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Santarém, Castelo Branco, Leiria, Coimbra, Guarda, Vila Real, Viseu, Porto e Bragança.

Há também vários concelhos dos 18 distritos do continente em risco elevado de incêndio.

Arcos de Valdevez, Caminha, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca e Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, e Amares, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Verde e Terras de Bouro, no distrito de Braga, encontram-se em risco elevado.

De acordo com o instituto, o risco de incêndio vai aumentar progressivamente até sábado, dia em que a quase totalidade do território continental apresentará um risco elevado, muito elevado ou máximo.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo, sendo o elevado o terceiro nível mais grave.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade e com neblina ou nevoeiro nas regiões Norte e Centro até início da manhã.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante norte, temporariamente do quadrante oeste na região Sul, soprando moderado a forte, com rajadas até 65 quilómetros por hora, no litoral oeste e terras altas, em especial a partir da tarde.

A previsão do IPMA aponta ainda para uma pequena descida da temperatura mínima e subida da temperatura máxima nas regiões Centro e Sul.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 13 graus Celsius (em Coimbra) e os 19 (em Faro) e as máximas entre os 24 (em Aveiro) e os 36 (em Castelo Branco).

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares