Seguir o O MINHO

Futebol

Casa cheia, ovações e pirotecnia no regresso do Vitória aos treinos

Pré-temporada

em

Foto: Vitória SC

O Vitória SC regressou este sábado aos treinos, tendo em vista a nova época, e foi brindado com uma calorosa receção por parte dos adeptos, cerca de 500, que marcaram presença na Academia do clube.

O acolhimento dos aficionados mereceu atenção por parte de Pepa e dos jogadores, que retribuíram, logo à entrada no recinto, com uma vigora salva de palmas.

Este foi o primeiro treino aberto para a nova época e contou com a presença de 28 jogadores, de acordo com o Mais Futebol, que relata um ambiente “de quase jogo”, com direito a pirotecnia e faixas de apoio.

Foto: VSC

Foto: VSC

Foto: VSC

O treinador do Vitória SC, Pepa, afirmou hoje que o principal objetivo da equipa da I Liga portuguesa de futebol é ser “mais consistente” face a 2021/22, apesar de se preparar a temporada 2022/23 em “contrarrelógio”.

Apurado para a segunda pré-eliminatória da Liga Conferência Europa, que começa a disputar em 21 de julho, após o sexto lugar do campeonato anterior, o clube minhoto precisa de resolver “situações um bocado inexplicáveis”, como as 20 jornadas consecutivas a sofrer golos no ano transato, para melhorar o patamar competitivo em que se encontra, disse o técnico.

Foto: VSC

Foto: VSC

Foto: VSC 

Um dos reforços vitorianos para 2022/23, Matheus Índio, disse, após o treino, que se “está a soltar aos poucos, devagar”, num contexto “mais exigente” do que o da II Liga, com colegas “muito bons de bola”, e mostrou-se convencido de que o Vitória vai apresentar um “grupo muito forte” ao longo da época, a começar pelo primeiro jogo oficial.

Foto: VSC

Foto: VSC

Foto: VSC

Foto: VSC

“Há uma expetativa muito boa. Desde o primeiro dia de treino, estamos no caminho certo e a gente vai fazer tudo para que corra bem no dia 21 [frente à Puskas Académia]”, vincou o médio contratado ao Trofense, precisamente o adversário que se segue na pré-época vitoriana, em 06 de julho.

Populares