Seguir o O MINHO

Ave

“A Casa ao Lado” abre quinta cultural e criativa em Famalicão

em

A Casa ao Lado tem um novo espaço, complementar ao centro artístico já existente no centro da cidade. É a quinta cultural e criativa Nozes de Prata, em Requião, que resulta da adaptação de uma quinta rural, inaugurada no passado sábado, 25 de março, perante dezenas de convidados, entre os quais o Presidente da Câmara Municipal de Famalicão.

“A quinta Nozes de Prata é um extraordinário espaço de natureza, que dá asas a atividades como residências artísticas, campos de férias, concertos, espetáculos, tertúlias. É o local perfeito para encontros, workshops, lançamentos de produtos, sessões fotográficas, ações de team building ou eventos corporate”, descreveu Joana Brito, visivelmente satisfeita com o novo desafio que abraça com o marido, Ricardo Miranda, doze anos depois de ambos criarem aquele projeto de educação para as artes, considerado um exemplo de empreendedorismo de sucesso.

Em nota enviada às redações, a autarquia revela que o casal encontrou em Famalicão o local ideal para provocar a veia artística de crianças e adultos e espicaçar o universo empresarial para as potencialidades desta área.

“A Casa do Lado deixou de ser uma semente e ‘transformou-se’ numa árvore, com uma programação diversificada, intergeracional, inclusiva e informal, tentando usufruir ao máximo do espaço natural envolvente”, disse, por seu lado, Ricardo Miranda.

Paulo Cunha classificou A Casa ao Lado como um “projeto virtuoso, que cria calor acrescentado às pessoas”, e mostrou-se convicto de que também o novo projeto será bem-sucedido.

“A boa relação que felizmente existe entre a Câmara Municipal e todas as associações famalicenses permitem que as iniciativas que realizam tenham a dimensão que realmente merece. Porque o que a Câmara quer é que no concelho os projetos aconteçam, sejam culturais, associativos, artísticos ou desportivos”, concluiu.

 

Fique a par das Notícias do Minho. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares