Seguir o O MINHO

Alto Minho

Candidatos do PSD contam espingardas. Eduardo Teixeira espeta “lança” nos Arcos

em

A poucos dias das eleições para a Comissão Política Distrital de Viana do Castelo do PSD, que se realizam no dia 31 de janeiro, os candidatos Carlos Morais Vieira e Eduardo Teixeira contam os apoios que reuniram para esta disputa eleitoral.

Presidentes de câmara do PSD no distrito nas listas de Morais Vieira

O atual presidente do PSD Alto Minho e novamente candidato ao cargo, Carlos Morais Vieira, tem entre os cabeças de lista aos vários órgãos do partido dois presidentes de câmaras municipais, João Manuel Esteves (Arcos de Valdevez) e Jorge Mendes (Valença), e um presidente de assembleia municipal, Alberto Vilas (Valença).

O presidente da autarquia valenciana aceitou o desafio porque “é preciso um partido líder no Alto Minho e, para isso, é necessário um projeto, uma equipa e muita ambição”.

“Não podemos, como muitos possam pensar, ter um projeto que seja, unicamente, personalizado em torno do presidente da CPD. Este é um trabalho de equipa que tem de ser continuado de forma a, de uma vez por todas, termos uma voz forte na região e a nível nacional”, acrescentou Jorge Mendes.

Já o autarca de Arcos de Valdevez realçou que “é a hora do PSD se preparar com força para os próximos desafios”.

“Ganhámos três eleições consecutivas dentro da nossa área política e, por isso, dou por mim a pensar: Mas afinal o que é que correu mal com Carlos Morais Vieira se com a sua equipa o PSD tem sido ganhador?”, interrogou João Manuel Esteves.

A estes nomes, junta-se o do deputado e ex-secretário de Estado Luís Campos Ferreira, que salientou a credibilidade da candidatura.

As eleições autárquicas serão o grande objetivo do mandato de Carlos Morais Vieira.

“Temos que ser um partido líder também a nível autárquico, sabendo escolher os melhores para esse objetivo”, declarou o candidato.

Eduardo Teixeira com reforço em Arcos de Valdevez

O presidente da Assembleia Distrital de Viana do Castelo do PSD, Eduardo Teixeira, procura voltar à liderança da Distrital, onde cumpriu três mandatos consecutivos antes da eleição de Carlos Morais Vieira, e apresenta nos vários órgãos figuras como o director da Segurança Social de Viana do Castelo, Paulo Órfão, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima, Alípio Matos, três presidentes de Concelhias e o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, Germano Amorim.

De resto, Germano Amorim escreveu uma carta aos militantes do PSD em que explica as razões que o levaram a aceitar o convite para as listas de Eduardo Teixeira, no cargo de vice-presidente da Distrital.

“É com enorme crença e empenho, enquanto militante de base, que acompanho alguém que tem demonstrado ao longo dos tempos ser um lutador incansável pela defesa dos interesses da nossa região, das suas gentes e de Portugal. Tanto como Deputado na Assembleia da República, como no exercício dos mais diversos cargos que exerceu, quer publicamente ou no privado, soube dignificar esses papéis com abnegação e uma imensa vontade de servir a causa pública”, declara Germano Amorim.

O social-democrata de Arcos de Valdevez refere que a candidatura de Eduardo Teixeira pretende “valorizar o território e acima de tudo as pessoas”.

“O nosso distrito merece mais e melhores oportunidades para todos. Merecemos ter as pessoas com a melhor preparação para representar condignamente esta região. O PSD tem que ser um espaço de inclusão, de Arcos de Valdevez a Vila Nova de Cerveira, não esquecendo nenhum dos concelhos, não esquecendo, principalmente, as suas gentes”, acrescentou.

Notícia atualizada às 10h00.

Populares