Seguir o O MINHO

Ave

Candidato do PS a Celorico de Basto tem “projeto renovado” para desenvolver o concelho

Eleições autárquicas

em

Foto: DR

O candidato do PS à Câmara de Celorico de Basto, o engenheiro civil Manuel Machado, acredita liderar um “projeto renovado” capaz de “colocar o concelho na rota do desenvolvimento”.

“Hoje, com outra maturidade, a minha motivação é grande para concluir um projeto para a minha terra”, afirmou, comentando o facto de se candidatar à liderança daquele município do distrito de Braga pela terceira vez.

Manuel Machado, de 57 anos, destaca a qualidade da equipa que o acompanha na sua candidatura, na qual identifica “muita preparação, mesclada com juventude, um sinal inequívoco”, anotou, “da renovação que se observa no PS de Celorico de Basto”.

“Eu sou o mais velho, a maioria tem entre 30 a 40 anos”, observou à agência Lusa, sinalizando, ainda, a preocupação de ter incluído mulheres, não só na lista ao executivo, mas também à Assembleia Municipal e às assembleias de freguesia.

“Cinco dos 15 cabeças de lista às juntas são mulheres e temos seis candidatos com menos de 30 anos”, reforçou o candidato.

Manuel Machado é também empresário, o que lhe permite, notou, “ter uma sensibilidade reforçada para as questões e a importância da economia”.

O candidato defende a criação de uma nova bolsa industrial que facilite a instalação de empresas de forma mais versátil e “com incentivos às energias limpas”.

Indica, por outro lado, a necessidade de ser concluída a variante do Tâmega, para garantir melhores acessibilidades à Autoestrada 7 (A7), nomeadamente à zona industrial da Lameira situada junto àquela autoestrada.

Criar um cartão social para ajudar os jovens a concluir a sua formação académica e viabilizar quatro zonas de construção acessível, em vários pontos do concelho, que permita terrenos, “a custos mais simpáticos para os jovens”, 150 novas casas, são outras prioridades do candidato socialista.

A área agrícola e florestal é outra componente de atuação evidenciada por Manuel Machado, que sinaliza a escolha de um engenheiro florestal como número dois à câmara.

“Vamos ter uma pessoa muito competente para impulsionar o potencial que o concelho tem nessas áreas”, prometeu, aludindo à qualidade do vinho verde produzido em Celorico de Basto.

O PS nunca foi poder no concelho, tendo atualmente um representante num executivo liderado pelo PSD há vários mandatos. Os social-democratas têm quatro mandatos na câmara e os Cidadãos Independentes por Celorico de Basto (CIC) elegeram dois vereadores nas autárquicas de 2017.

Para as eleições deste ano, marcadas para o dia 26 de setembro, estão já anunciadas as candidaturas do atual vereador da oposição Carlos Guimarães, pelo CIC, e Peixoto Lima, pelo PSD, além de Manuel Machado, pelo PS.

Populares