Seguir o O MINHO

Ave

Candidato do BE à junta de Azurém detido na “maior apreensão de canábis de sempre”

em

O indivíduo que a PSP deteve na semana passada, em Guimarães, por cultivo de canábis, foi candidato do Bloco de Esquerda à Junta de Azurém nas últimas eleições autárquicas.

Segundo o Guimarães Digital, “o indivíduo em causa, de 39 anos, é natural e residente em Guimarães e há três anos que vivia na Rua da Arcela num apartamento que as autoridades consideram “mãe” do esquema de cultivo que o detido tinha a funcionar em quatro apartamentos nas freguesias de Azurém, Mesão Frio e Aldão”.

Em causa está uma investigação desencadeada pelo Núcleo de Investigação Criminal, que resultou na apreensão, pela parte da PSP de Guimarães, de 430 pés de canábis, em quatro apartamentos localizados em Mesão Frio e Azurém, na semana passada.

Naquela que foi descrita pelo Guimarães Digital como a “maior apreensão de sempre de Canábis” (em Guimarães), a PSP apreendeu liamba suficiente para cerca de 30 mil doses, uma balança de precisão, duas viaturas , telemóveis, material de suporte de estufas, medidores de PH, controladores de temperatura e humidade, sistemas de extracção de cheiros, entre outro material.

Foram detidos dois indivíduos, um de 33 anos, de Felgueiras e um de 39 anos, conhecido agora como sendo o candidato do Bloco de Esquerda à Junta de Azurém nas últimas eleições autárquicas.

Esta investigação, que resultou numa busca a um estabelecimento comercial e a sete domicílios, começou no dia 12 de outubro e terminou no dia 15.

Os dois detidos encontram-se em prisão preventiva e a aguardar julgamento.

Populares