Campeão Moreirense vence e convence na visita a Mafra

O Moreirense venceu hoje em Mafra por 2-0, em jogo da 33.ª e penúltima jornada da II Liga de futebol, colocando um ponto final numa série de 11 jogos sem perder da equipa da casa.

Platiny (70 minutos) abriu o marcador de grande penalidade e André Luís (77), num lance de contra-ataque, colocou o resultado em 2-0 para os já campeões nacionais da II Liga.

Com este resultado, o Mafra vê chegar ao fim um período de invencibilidade que durou 11 jogos e, no sétimo lugar, manteve os 44 pontos, enquanto o Moreirense, que há duas jornadas se sagrou campeão, continua a mostrar que é a melhor equipa deste campeonato e, com 76 pontos, somou a 23.ª vitória da época.

Já com contas resolvidas no campeonato, Mafra e Moreirense entraram com o único propósito de jogar bom futebol e isso foi uma constante durante todo o encontro, com ambos os conjuntos sempre à procura da baliza contrária e a criarem muitas ocasiões de perigo.

A primeira do encontro surgiu por Platiny, logo ao minuto quatro, com o avançado a receber de peito na área, a adornar o lance, mas com o remate final a sair enrolado.

O Mafra respondeu aos 10 minutos, numa combinação entre Diga e Loide Augusto no flanco direito, com o avançado a finalizar o lance com um remate cruzado que passou perto do poste.

Aos 18 minutos, Platiny voltou a estar perto do golo, num cabeceamento que Samu parou com uma defesa a dois tempos e, depois, foi Kodisang a ficar a centímetros do golo, num lance rápido de ataque dos minhotos.

A chuva, que ameaçava cair desde o início da tarde, chegou em força ao Municipal de Mafra na reta final do primeiro tempo e o relvado molhado tornou o futebol praticado ainda mais rápido.

À primeira parte de muito boa qualidade faltaram apenas os golos, que chegaram na segunda parte.

Aos 55 minutos, Samu ainda evitou, uma vez mais, o golo de Kodisang, mas, aos 70, já nada pôde fazer numa grande penalidade a castigar mão de Diga na área mafrense.

O guarda-redes brasileiro, um dos melhores no encontro, ainda adivinhou o lado, mas Platiny abriu mesmo o ativo, colocando justiça no marcador, perante o maior domínio dos visitantes.

O golo quebrou o ímpeto do Mafra e o Moreirense aproveitou para se apoderar do controlo do encontro, com o segundo golo a chegar pouco depois, aos 77 minutos, por André Luís.

Numa má saída para o ataque, o Mafra perdeu a bola a meio campo, Kodisang entregou de bandeja ao avançado, que, com um remate potente à entrada da área, fuzilou Samu.

Até final, já com o Mafra entregue, o Moreirense podia ter aumentado a contagem. Primeiro por Pacheco, num remate ao poste, e depois em mais um duelo entre André Luís e Samu, que o guarda-redes venceu mais uma vez, cimentando o estatuto de melhor em campo do lado do Mafra.

Jogo no Estádio Municipal de Mafra.

Mafra – Moreirense, 0-2.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Platiny, 70 minutos (grande penalidade).

0-1, André Luís, 77.

Equipas:

– Mafra: Samu, Diga, Pedro Pacheco, Pedro Barcelos, Edwin Vente, Leonardo, Leandrinho (Vitor Gabriel, 86), Loide Augusto, Pité (Banjaqui, 71), Fati (Lucas, 75) e Diogo (Pedro Lucas, 75).

(Suplentes: Renan, Pedro Lucas, Lucas, Rodrigo Gui, Banjaqui, João Goulart, Lopes, Ousmane Diao e Vitor Gabriel).

Treinador: Rui Borges.

– Moreirense: Ricardo, David, Hugo Gomes, Rafael Santos (Lucas Freitas, 46), Frimpong, Soriano Mané (André Luís, 62), Lawrence Ofori, Walterson (Alan, 62), Aparício (Fábio Pacheco, 81), Kodisang e Platiny (Pedro Amador, 73).

(Suplentes: Sérgio Dutra, Fábio Pacheco, André Luís, Alan, Pedro Amador, Madson Monteiro, Victor Garcia, Lucas Freitas e Franco).

Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Pedro Ramalho (AF Évora).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hugo Gomes (51), Aparício (62) e Pedro Lucas (79).

Assistência: Cerca de 600 espetadores.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Farense regressa à I Liga face à derrota do Estrela da Amadora com o Nacional

Próximo Artigo

É este o touro que vai ser solto em Ponte de Lima para a Vaca das Cordas

Artigos Relacionados
x