Seguir o O MINHO

Alto Minho

Caminha, Rosal e A Guarda assinam ata de vistoria de fronteira

em

Os municípios de Caminha, no Alto Minho, e Rosal e A Guarda, ambos na Galiza, assinaram a ata de vistoria de fronteira que “reconhece a linha fluvial do Rio Minho, informou, esta quarta-feira, a Câmara portuguesa.

Em comunicado, a Câmara de Caminha explicou que a ata de vistoria de fronteira, no âmbito do Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, datado de 29 de setembro de 1864, “é assinada anualmente e atesta que não se verifica qualquer alteração no curso do rio internacional”.

O documento foi assinado no passado dia 25 de agosto, no estuário do Rio Minho, por representantes dos três municípios.

O Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, de 29 de setembro de 1864, reconhece a linha fluvial do Rio Minho, que serve de fronteira entre os dois países.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Caminha. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

 

Populares