Seguir o O MINHO

Região

Câmara de Vila Verde está a ampliar e a requalificar a escola de Esqueiros

em

António Vilela em Esqueiros

A Câmara de Vila Verde iniciou as obras de concretização do projeto de criação de um centro escolar na escola do 1.º ciclo do ensino básico da antiga freguesia de Esqueiros que integra a União de Freguesia de Esqueiros, Nevogilde e Travassós.

A concretização deste projeto de desenvolvimento educativo, vai permitir o funcionamento da educação pré-escolar com o 1.º ciclo do ensino básico num só edifício.

Estas obras de ampliação e de requalificação do imóvel vão permitir que este pequeno centro escolar passe a ter quatro salas de aulas – em vez das duas salas anteriormente existentes – e ainda uma sala polivalente/refeitório.

O presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, e o presidente da Junta da União de Freguesias de Esqueiros, Nevogilde e Travassós, Vítor Mota, deslocaram-se ao local para acompanhar o andamento das obras e reconheceram que o investimento em curso “vem ao encontro de uma efetiva necessidade local, criando condições para que as crianças passem a ter acesso a uma atividade de ensino-aprendizagem à altura dos novos e cada vez mais exigentes desafios”.

“Este é mais um investimento significativo na melhoria do parque escolar concelhio, adaptando-se às exigências de um ensino que, além de abranger todo o universo de crianças com idade para frequentar a educação pré-escolar, permite também o desenvolvimento de projetos educativos que contemplem a devida articulação deste nível escolar com o 1.º ciclo do ensino básico, numa lógica de proximidade, na medida em que passam a estar integrados num mesmo edifício”, afirma António Vilela.

O edil acrescenta ainda que a forte aposta na educação continua a ser “um dos grandes desígnios da estratégia política do Município de Vila Verde”, que contempla todos os anos, e segundo António Vilela, “uma grossa fatia do orçamento municipal a este setor estruturante”.

Vão ainda, a breve prazo, iniciar as obras de total remodelação das escolas básicas, dos 2.º e 3.º ciclos, de Vila Verde e da Vila de Prado, numa iniciativa em que a Câmara de Vila Verde substitui o Governo, realizando um investimento global superior a 2,5 milhões de euros que era da inteira responsabilidade da administração central e que vai permitir que largas centenas de alunos tenham a possibilidade de passar a frequentar estabelecimentos de ensino renovados, modernos e com excelentes condições físicas para o desenvolvimento de um ensino de grande qualidade”, vaticina o presidente da Câmara de Vila Verde.

Populares