Campeões europeus de futsal homenageados em Braga

A Câmara Municipal de Braga homenageou esta segunda-feira os jogadores de futsal do SC Braga/AAUMinho que se sagraram campeões europeus recentemente, Vítor Hugo e Nilson, assim como elementos da equipa técnica que vivem na cidade.

“Braga é a minha primeira casa, porque estou há mais anos aqui do que noutro local qualquer. Sou de uma aldeia humilde de Trás-os-Montes, mas vivi lá pouco tempo. Depois vivi em Chaves por causa do futebol e a cidade onde resido há mais anos é em Braga pelo que acaba por ser a primeira casa”, afirmou o selecionador Jorge Braz, na cerimónia no Salão Nobre do Theatro Circo, promovida pela autarquia bracarense.

O técnico recordou que foi na Universidade do Minho que iniciou a sua atividade como treinador da equipa feminina e, por isso, disse ser “muito especial esta homenagem“.

Jorge Braz destacou o contributo de todos os clubes neste triunfo, mas lembrou o projeto SC Braga e Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM).

O responsável disse acreditar que o futsal “vai continuar a crescer de forma sustentada” e que “há muita coisa para vencer”.

Já o jogador Nilson disser ser “muito gratificante ver o trabalho reconhecido“.

“Não é todos os dias que se consegue vencer um Europeu e nós conseguimos, é muito bom. Braga é a minha cidade desde há cinco anos, gosto muito de cá estar e é especial ser reconhecido aqui”, afirmou.

O guarda-redes Vítor Hugo disse ser “sempre especial” o reconhecimento do feito da seleção nacional na cidade que, embora não sendo dela natural, já sente como sua.

“Depois da conquista desta dimensão, é o reconhecimento de todo um trabalho que fizemos não só nos 15 dias do campeonato europeu, mas também nos 15 dias antes”, disse.

O jogador disse ainda esperar “que esta vitória sirva como alavanca” para mais jovens iniciarem a prática da modalidade.

O presidente da câmara municipal de Braga, Ricardo Rio, revelou que o executivo municipal deliberou, unanimemente, um voto de louvor à seleção nacional.

“Este é um momento daqueles que nos enche o coração. Todos gostamos de celebrar vitórias, de ter alegrias tão especiais como aquelas que estes técnicos, dirigentes e jogadores nos proporcionaram durante as últimas semanas. No caso de Braga, sentimo-nos umbilicalmente ligados a este processo e a esta meta que foi atingida e que é seguramente uma etapa que queremos ver repetida com renovada ambição noutros contextos nos anos vindouros”, disse.

Para o autarca, esta vitória “não foi um acaso“.

“Foi um esforço muito grande, de muitos atletas, de muitos técnicos e dirigentes, desde um nível amador até a um patamar que mobiliza milhares de praticantes e milhares de espetadores”, disse.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Militantes de Braga e Viana eleitos para os órgãos nacionais do PSD

Próximo Artigo

Futsal. Nilson nomeado para "Jogador do Ano"

Artigos Relacionados
x