Seguir o O MINHO

Alto Minho

Câmara de Melgaço coloca cerco sanitário em aldeia com 370 habitantes

Covid-19

em

Foto: DR

A Câmara de Melgaço implementou, esta quarta-feira, um cerco sanitário na aldeia de Parada do Monte, com 370 habitantes, após a confirmação do terceiro caso de infeção pelo novo coronavírus, disse à Lusa o presidente do município.


Contactado pela agência Lusa, Manoel Batista explicou que a decisão foi tomada, esta quarta-feira de manhã, em articulação com as autoridades de saúde e o posto local GNR.

“A medida já está implementada. Já ninguém sai de Parada do Monte e as entradas estão limitadas a situações estritamente necessárias”, afirmou, referindo desconhecer a duração da medida que será “avaliada diariamente”.

Segundo o autarca, “há mais duas pessoas em isolamento profilático, em casa, à espera do resultado dos testes de despiste da doença”.

Questionado sobre a origem do foco registado naquela aldeia, Manoel Batista adiantou que “a hipótese explicativa mais plausível é que a transmissão tenha sido feita pelo filho e a nora do primeiro doente infetado, emigrantes que chegaram no início de março à freguesia”.

“Ambos estão também em confinamento domiciliário”, reforçou.

O primeiro caso confirmado é o de um homem de 82 anos e o casal confirmado tem 82 e 85 anos, todos internados no hospital de Santa Luzia, em Viana.

A aldeia está integrada na União de Freguesia de Parada do Monte e Cubalhão, no total, de acordo com o Censos de 2011, com 526 habitantes.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro na China e já infetou mais de 428.000 pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 19.000 morreram.

O continente europeu é atualmente o que regista maior número de novos casos, 226.000, sendo Itália o país com mais vítimas mortais em todo o mundo. Contabiliza 6.820 mortos em 69.176 diagnósticos positivos e, desses infetados, mais de 7.000 já foram dados como curados pelas autoridades.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde indicou hoje que o surto de covid-19 já provocou 43 mortes e 2.995 infetados.

Dada a evolução da pandemia, a 17 de março o Governo declarou o estado de calamidade pública no concelho de Ovar e, desde as 00:00 do dia 19, todo o país se encontra em estado de emergência, o que vigorará até às 23:59 do dia 02 de abril.

Anúncio

Alto Minho

Cometa raro captado por fotógrafo em Paredes de Coura

Neowise regressa daqui a 6.800 anos

em

Foto: Pedro Barbosa

O cometa C/2020 F3, que tem rasgado os céus durante o mês de julho, foi captado por Pedro Barbosa, um fotógrafo em Paredes de Coura.

Apelidado de Neowise por ter sido descoberto por um telescópio espacial da NASA com o mesmo nome, o cometa, que é o primeiro visível em 2020, é detetável a olho nu, embora seja mais fácil de visualizar com recurso a binóculos.

De acordo com Rui Agostinho, diretor do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), em declarações ao jornal Público, o cometa pode ser visto por duas ocasiões em Portugal: depois das 04:00 e antes do brilho do nascer do sol.

Nos dias 19, 20 e 21, está visível também aentre as 22:00 e as 22:15, depois do céu ficar escuro. Depois desses dias, e até início de agosto, fica visível até às 23:00 horas, pelo que será mais fácil de o detetar nos céus portugueses, embora com menor brilho.

O registo fotográfico minhoto foi efetuado a partir de um local ermo de pouco luminosidade situado em Vascões, avança a Rádio Vale do Minho.

A próxima vez que este cometa será visivel será daqui a 6.800 anos, segundo o diretor do OAL.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Mulher sofre fratura após queda na Praia Norte em Viana

Praia Norte

em

Foto: O MINHO

Uma mulher, cuja idade não foi possível apurar, sofreu uma fratura quando caminhava na praia, ao final da tarde desta quarta-feira, em Viana do Castelo.

A vítima terá sofrido os ferimentos numa zona rochosa de quebra-ondas na Praia Norte, acabando por sofrer problemas de mobilidade provocados por uma queda naquele local.

Uma equipa de nadadores-salvadores da Coordenada Decimal deslocou-se prontamente ao local para prestar primeira assistência à vitima que se queixava de muitas dores, incluíndo na cabeça.

Foto: O MINHO

Após primeira análise, verificou-se que a vítima não tinha sofrido ferimentos na zona da cabeça com a queda, apenas no membro inferior.

Os nadadores-salvadores estabilizaram a mulher em plano duro para proceder ao transporte em prancha até à zona onde já se encontrava uma ambulância de emergência médica, habitualmente sediada no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

Foto: O MINHO

A vítima foi então transportada para aquela unidade hospitalar onde foi avaliada pela equipa médica, resultando em ferimentos “ligeiros”.

A Polícia Marítima registou a ocorrência.

Continuar a ler

Alto Minho

Melgaço feliz com regresso de emigrantes (mas com distanciamento e máscara)

Covid-19

em

Foto: Divulgação / CM Melgaço

A autarquia de Melgaço lançou uma campanha de boas-vindas aos emigrantes, apelando a que façam um regresso em segurança e com responsabilidade. A campanha será divulgada em vários suportes espalhados pelo concelho e também nas redes sociais, chegando assim a todos, anunciou hoje o município.

“O regresso é motivo de festa e de muita alegria. Este ano, também vai ser assim, apenas com cuidados redobrados, a bem da saúde de todos”, refere o presidente da Câmara.

Segundo Manoel Batista, todos estarão “à altura do desafio, não colocando os que mais gostamos em perigo”.

“A festa do regresso tem de ser feita com cuidados reforçados. Temos de nos proteger e proteger os outros. As saudades apertam, mas não podem colocar em causa a saúde, que é, afinal, o bem mais precioso que todos temos”, alerta o autarca.

Neste regresso, a autarquia recorda aos emigrantes que devem usar máscara nos locais indicados e usá-la corretamente, manter o distanciamento social, cumprir as regras de etiqueta respiratória, lavar frequentemente as mãos e, em caso de sintomas, permanecer em isolamento e ligar para o SNS 24 (808 24 24 24).

“De realçar que o confinamento é obrigatório para doentes e pessoas em vigilância ativa. O novo coronavírus está em todo o lado. Só cumprindo todas as regras será possível vencê-lo”, salienta o autarca melgacense.

Continuar a ler

Populares