Seguir o O MINHO

Ave

Câmara de Famalicão promove jornadas para aproximar investigadores de empresas

em

A câmara de Famalicão promove na quarta-feira as “Jornadas para a Inovação”, iniciativa “inédita” que levará às empresas deste concelho cerca de três dezenas de investigadores de instituições do sistema científico e tecnológico do Norte de Portugal.

De acordo com informação da autarquia liderada por Paulo Cunha, os investigadores vão deslocar-se a oito empresas famalicenses dos setores têxtil e do vestuário e agroalimentar.

O objetivo é, avançou a câmara, que fiquem a conhecer as principais necessidades das empresas e recolham oportunidades e pistas para investigação futura, disseminando informação nas respetivas instituições que as leve a desenvolver investigação em função dessas necessidades.

“Com esta iniciativa pretendemos dar mais um contributo para o reforço da competitividade das nossas empresas, estreitando relações e fomentando parcerias entre o tecido empresarial e o universo do conhecimento e da investigação”, refere o presidente da autarquia, Paulo Cunha.

As “Jornadas para a Inovação” serão promovidas pela Rede Famalicão Empreende, no âmbito dos projetos inseridos no “Famalicão Made IN” e a ideia passa por sensibilizar os empresários deste concelho – o terceiro mais exportador do país, logo a seguir a Lisboa e Palmela – para a importância da inovação nas empresas, uma condição que a autarquia considera ser “essencial para o seu crescimento e competitividade”.

Assim, a iniciativa, que vai repetir-se em março, pretende potenciar o aparecimento de novos projetos de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (I&DT).

Os investigadores que vão participar nestas Jornadas para a Inovação pertencem à Universidade do Minho, à Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica, ao Centro de Investigação de Engenharia e Gestão Industrial da Universidade Lusíada, ao Instituto de Investigação e Formação Avançada em Ciências e Tecnologias da Saúde da CESPU.

Estarão também representadas entidades tecnológicas e de inovação de Famalicão, nomeadamente o Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CENTI) e o Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário (CITEVE).

A rota de visitas engloba empresas como a Riopele, Continental – ITA, Inovafil e Sonicarla, estas ligadas ao têxtil e vestuário, bem como a Primor, Bracar, Porminho e Vieira de Castro de produtos agro-alimentares.

EM FOCO

Populares