Seguir o O MINHO

Cávado

Câmara de Esposende investe 380 mil euros em rede de saneamento

Sem financiamento comunitário

em

Foto: Divulgação / CM Esposende

A câmara de Esposende vai investir 380 mil euros na instalação de rede de saneamento e a consequente requalificação urbanística em diversos arruamentos do concelho, adiantou hoje a autarquia, salientando que a obra será feita “sem qualquer financiamento comunitário”.

Em comunicado enviado à Lusa, a câmara refere que “há muitos anos que a infraestruturação destes arruamentos é reclamada pela população local e permitirá que 66 habitações fiquem ligadas à rede de saneamento, estimando-se que cerca de 200 habitantes possam ser diretamente beneficiados”.

O objetivo é “dotar os arruamentos de uma das infraestruturas essenciais à garantia das condições de vida da população, aproveitando-se para promover a melhoria das redes de abastecimento de água e de drenagem de águas pluviais, procedendo-se, posteriormente, à pavimentação das artérias intervencionadas”.

Atualmente, aponta o texto, o concelho de Esposende apresenta uma taxa de cobertura de 85% ao nível da rede de saneamento básico mesmo sucedendo relativamente ao abastecimento de água, com uma cobertura na ordem dos 100%.

A autarquia refere que, “ao longo da última década, e de acordo com as prioridades sentidas pelo município, foram realizados investimentos significativos na área do saneamento básico, sempre perspetivando a proteção e a valorização do ambiente e a consequente salvaguarda das condições de vida das populações, infraestruturando as zonas dos aglomerados mais densos e colmatando as zonas mais críticas, sob o ponto de vista da salubridade”.

As ruas a intervencionar são a Rua da Ponte Nova, a Travessa da Ponte Nova e parte da Travessa de São Miguel, todas em Apúlia, a Rua dos Portais do Poço, em Belinho e a Rua e Travessa Adfora, em Mar.

Populares