Seguir o O MINHO

Cávado

Câmara de Esposende aprova orçamento de 30 milhões de euros para 2021

Oposição critica falta de investimento na Saúde e Ação Social

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Esposende aprovou hoje um orçamento de 30 milhões de euros para 2021, o “maior de sempre”, mas com a oposição a criticar a falta de investimento na Saúde e Ação Social.

De acordo com a informação veiculada pelo município, o executivo aprovou em reunião, com o voto contra da oposição Juntos Pela Nossa Terra, os documentos do Orçamento municipal, das Grandes Opções do Plano, Mapa de Pessoal e as posições integradas da autarquia na Esposende Ambiente e a Esposende 2000.

Em termos de “política fiscal”, a autarquia destacou uma “estabilidade ímpar” mantida para 2021, “nivelada pelos mais baixos impostos e taxas que é permitido a um município praticar ao abrigo da legislação em vigor”, apontando que o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) é de 0.30, a ausência de Derrama assim como as isenções de pagamento de ocupação de espaço publico ou de publicidade.

“Este é um orçamento que não desinveste em nenhum setor em particular, antes pelo contrário, incrementa mesmo o investimento em algumas áreas de intervenção, desde a Cultura à Educação, do Desporto à Atividade Económica, da Coesão Social à Proteção Civil”, assegurou o presidente da autarquia, Benjamim Pereira (PSD).

Em declarações à Lusa, o vereador da oposição, Rui Pereira, afirmou que o orçamento apresentado é “avultado no valor, à semelhança dos anteriores, que foram altos em valor e muito fracos na execução”.

“Como nos anteriores, estão inscritos investimentos que têm vindo a ser inscritos mas que há dois ou três anos deviam estar concretizados. Vão sendo arrastados ano após ano”, disse.

Rui Pereira criticou ainda as opções da maioria do executivo em matérias de Saúde e Ação Social.

“Aquilo que deviam ser apostas concretas num ano que ainda será de pandemia ou pós-pandemia, com muitos desafios na área da Saúde e da Ação Social, isso não se reflete no documento”, disse.

“O Orçamento para 2021 continua a ser um documento de obras e pavimentações e que vive à custa dos impostos dos munícipes”, finalizou.

Barcelos

Homem morre atropelado na passadeira em Barcelos

Acidente

Foto: Vítor Vasconcelos / O MINHO

Um homem de 65 anos morreu após ser atropelado por um automóvel numa passadeira, na Rua Pedro Álvares Cabral, em Arcozelo, Barcelos, apurou O MINHO junto de fonte dos bombeiros.

O acidente aconteceu perto da ‘Rotunda da Cabra’ no acesso à circular urbana.

O óbito foi declarado no local.

O alerta foi dado às 17:45.

Os Bombeiros de Barcelos prestaram socorro com dois operacionais e uma viatura. Foram acionados, posteriormente, para fazer a remoção do cadáver.

A VMER de Barcelos também prestou socorro.

A PSP registou a ocorrência.

Notícia atualizada às 18h58 com correção da idade da vítima.

Continuar a ler

Cávado

Sobe para 21 o número de infetados na GNR de Esposende

Covid-19

Foto: Ilustrativa / GNR

O número de militares da GNR de Esposende infetados pelo vírus SARS-CoV-2 aumentou para 21, mas, “mesmo com tantos operacionais infetados, não está em risco a operacionalidade”, adiantou hoje à Lusa fonte daquela força militar.

Em declarações à Lusa, a mesma fonte esclareceu que a GNR de Esposende tem 31 militares no ativo e que “os operacionais estão a ser substituídos por outros de outras unidades, havendo rotatividade para garantir o perfeito cumprimento das funções” daquela corporação.

Até segunda-feira estavam confirmados 13 casos, segundo disse fonte à Lusa.

O presidente da Câmara de Esposende, Benjamim Pereira, também responsável pela Proteção Civil no concelho, garantiu hoje que “a operacionalidade e serviços de segurança não estão em causa”.

Segundo Benjamim Pereira, “nestes casos está garantida a rotatividade, substituição de operacionais, exemplo disso é que ainda este fim de semana esteve a GNR de Vila Nova de Famalicão a realizar fiscalização em Esposende”.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.041.289 mortos resultantes de mais de 95,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.028 pessoas dos 556.503 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Continuar a ler

Barcelos

Câmara de Barcelos tem 40 trabalhadores da recolha do lixo confinados

Covid-19

Foto: O MINHO (Arquivo)

Quarenta trabalhadores da recolha de lixo da Câmara de Barcelos estão confinados devido a casos de covid-19 naquele serviço, adiantou hoje o presidente do município, Miguel Costa Gomes.

Questionado por O MINHO, que tem relato de um número elevado de trabalhadores infetados naquele serviço, o autarca confirmou existiram “vários” casos e referiu que mandou preparar “mais dois planos de contingência, com maiores níveis de prevenção”, já acautelando uma eventual evolução negativa das infeções naquela divisão.

“Porque a recolha do lixo tem que ser feita. Estamos a prevenir-nos para que estejamos preparados para minimizar as consequências na recolha do lixo”, realçou Miguel Costa Gomes, acrescentando que esta se trata de “uma área problemática” em que os trabalhadores estão mais “expostos”.

Embora, salienta, levem “todos os equipamentos de forma a se protegerem”.

Na área dos jardins, limpeza de ruas e de resíduos, a Câmara de Barcelos tem cerca de 250 trabalhadores.

No total, o Município de Barcelos tem cerca de 800 trabalhadores, dos quais, adiantou o presidente, cerca de 45% se encontram em teletrabalho.

Continuar a ler

Populares